Tempo Real

Carta ao Governador Marcos Rocha- por Janio Silva – Enxadrista

Senhor Governador,Após examinar e refletir,  ao ler essa carta que segue, da vice governadora de Santa Catarina, resolvi,  escrever algumas palavras honestas  e de uma noite  bem dormida, pois vinha sofrendo,  esses derradeiros dias, de uma renite alérgica crônica,  me levando a sentir,  sintomas de falta de ar e dores, semelhantes a do Covid 19.

O que me levou,  mas ainda a pensar na falta de leitos, UTI, respiradores, no sistema de saúde pública.

Claro, não detenho nenhuma posição,  entre seus correligionários, até porque , não fui seu eleitor e sou franco em assumir sempre uma posição política.

Bem parecido,  aos eleitos em Santa Catarina, o senhor, era um desconhecido até pouco tempo; bem como seu vice e outros,  que pegaram carona, na onda Bolsonaro,  que surfou em boa parte da nação.

 O senhor, me parece, por sua falta de atitude,  não caiu sua ficha, do presente que o grande criador o entregou, para governar Rondônia e oportunidade de  abençoar o povo rondoniense e bem conduzir esse momento que passa o estado.

No entanto, esse mesma mão sua, que se une para postar em sinal de reverência a Deus e gratidão, a este poder que lhe foi conferido nas urnas e seu discurso,  de fazer um governo diferente da velha política, que o levou a vitória.

No entanto, estamos assistindo, principalmente pelo seus secretários de alto escalão e sua postura,  a antiga política de troca de favores.  Igual o senhor Bolsonaro vem fazendo em nível federal, com o grupo denominado centrão, que o senhor Bolsonaro  se submetendo, a mesma prática da velha politica do toma-lá-dá-cá.

Aqui em Rondônia, não é diferente. Deputados estaduais se calam e aprovam na calada da noite e no silêncio da quarentena da pandemia. Absurdos, como,  isenção fiscal da energisa, apenas esse exemplo, de uma total omissão. Veja , este derradeiro ato de seu governo. Hospital Cero, na zona leste  e seu Secretário de Saúde, depois de ampla divulgação do descaso e ainda se constrói essa pífia e malograda inauguração,  do hospital Regina Pacis, atrasada, compra num valor duvidoso do prédio e sem fala,  da falta de um projeto que movimente seu governo e consequente os setores econômicos e públicos do Estado.

Não diferente do Governador de Santa Catarina, o senhor se mostra,  um bom ator, juntos, com seus principais secretários, Fernando Máximo e da Casa Civil, Júnior Goncalves, em governar de maneira,  que coloca em dúvida seu caráter, lealdade e honra, que com certeza, na academia de qualquer corporação militar,  se preza e no seio da família brasileira, sobretudo, na sua origem e trajetória, até chegar a esse posto.

Então, se tiver no senhor, esse Deus,  que tanto o senhor prega, em suas aparições públicas, peça direção,  para lhe conduzir e realmente governar, com decência e dignidade, esses derradeiros anos do seu governo.

Peça, sobretudo, paz na sua alma e consciência, para entre a difícil escolha, pois o poder é apenas, mas um ato,  para nos por a prova, de que somos feito e qual é realmente nossa essência e o que,  irá se sobrepor.

 A verdade ou mentira?

E essa , minha mensagem, não é somente para o senhor, que já tivemos oportunidade de nos conhecer, no Governo do senhor Confúcio Moura.

Mas, também, essa mensagem me serve, assim, como a qualquer homem de verdade.

Eu sempre costumo repetir, essa tão conhecida frase. Para que o mal triunfe basta que os bons não façam nada. Edmund Buker.

Não que eu seja bom, somos ainda imperfeitos, mas podemos nos melhorar!

Eu sei, como disse madre Teresa de Calcutá, ” que faço,  é apenas uma gota no oceano”.

E vou mas longe, nessa carta, se é tola ou não, mas é una carta de  coragem, pois  é preciso remar nesse imenso mar…

Não apenas bater continência, Coronel Marcos, para nossa sombra. E no ato final, que representa nosso destino. Saber, que nunca tivemos uma corte real. Que nosso navio afundou, na correnteza de nossas cruel ambição!

 Por um poder passageiro!

 Se não prestarmos atenção, esse  “poder”, deixa nossa alma tão menor, que a gota de oceano.

Examine, essas palavras.  Passe a comandar este navio,  como fazem todo bom comandante. Não deixe,  seus covardes puxa sacos, lhe iludir e a corrupção,  ser a marca de seu governo.

Todo esse contexto, crises é uma grande oportunidade para todos nós evoluir. Sobretudo, para descobrirmos nosso paradeiro e nossa   capacidade.

Seja isso, comandante de seu destino e passe realmente a comandar com dignidade Rondônia.

Jânio Silva – Enxadrista

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com