Tesouro Direto paga maior vencimento da história – Por Sílvio Persivo

Escrito por
Atualizado: maio 15, 2019

Especialmente o carnaval. “Brincar é condição fundamental para ser sério (Arquimedes).

REITOR DA UNIR TRANQUILIZOU CÂMARA SOBRE CONTINGENCIAMENTO

Na terça-feira, 14, na Câmara de Vereadores de Porto Velho numa audiência pública, solicitada pelo vereador Aleks Palitot, foi debatido o corte de investimentos do Governo Federal na educação superior. O evento contou com a presença do reitor da Universidade Federal de Rondônia (UNIR), Ari Miguel Teixeira Ott e o reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Uberlando Tiburtino Leite. Na sua fala, o professor Ari Ott afirmou que a UNIR é uma instituição pública na qual todas as raças, religiões, credos, posicionamentos políticos, de gênero e todas as categorias devem ser respeitados. Com relação ao contingenciamento orçamentário do Governo Federal, afirmou que é necessário aguardar seus desdobramentos. O reitor da UNIR afirmou que, até o final do primeiro semestre, todos os compromissos assumidos e o funcionamento da universidade estão assegurados. Observou também que no início de outros governos situação análoga já foi enfrentada. Diante disto, disse acreditar que, até julho, tal situação deverá ser resolvida. Segundo o MEC, o bloqueio preventivo atingiu apenas 3,4% das verbas discricionárias das universidades federais, cujo orçamento para este ano totaliza R$ 49,6 bilhões. Deste total, segundo o ministério, 85,34% (ou R$ 42,3 bilhões) são despesas obrigatórias com pessoal (pagamento de salários para professores e demais servidores, bem como benefícios para inativos e pensionistas) e não podem ser contingenciadas.

4ª FEIRA ESTADUAL DE ARTESANATOS E TRABALHOS MANUAIS

O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer (Sejucel), vai selecionar 60 artesãos para expor e comercializar seus produtos na 4ª Feira Estadual de Artesanato e Trabalhos Manuais, que será feita em Cacoal entre os dias 7 e 9 de junho. Os interessados em participar devem preencher o formulário de inscrição e enviar, junto com os documentos exigidos, para o endereço eletrônico [email protected] até as 23h59 do dia 19 de maio de 2019. O edital nº 6/2019 está no Diário Oficial de Rondônia da segunda-feira (13), página 95. O evento, de três dias, será no Complexo Beira Rio em Cacoal.

A feira está na sua quarta edição e recebe artistas de todo Estado. De acordo com dados da Coordenadoria do Programa de Artesanato Brasileiro (PAB), Cacoal é o município de Rondônia que possui mais artesãos inscritos no programa, com 400 profissionais. Em todo o estado são cerca de dez mil profissionais. Para o superintendente da Sejucel, Jobson Bandeira, as feiras são uma oportunidade de valorizar o segmento e fortalecer a cultura rondoniense.

EMPRESAS DE SERVIÇOS DO AMAZONAS LIDERARAM RANKING DE CRESCIMENTO EM MARÇO

As empresas de serviços do Amazonas aceleraram em março e levaram o Estado ao primeiro lugar no ranking nacional na comparação com o mesmo mês de 2018, tanto em termos de vendas, quanto de receitas. A informação está na pesquisa mensal do IBGE. O volume de vendas subiu 1,6% entre o segundo e o terceiro mês de 2019 e ficou 2,5% acima do resultado obtido em março de 2018. Em fevereiro, esses números foram 0,7% e 3%, respectivamente. O trimestre fechou com alta de 2,1%- contra 1,9% da marca anterior. Mas, o desempenho não foi suficiente para tirar o agregado de 12 meses do campo negativo (-0,4%). Os números da receita nominal foram positivos em todos os cenários. Houve um aumento de 3,3% na comparação com fevereiro de 2019, e elevação de 6,4% no confronto com março de 2018. No comparativo do trimestre, resultado foi positivo em 5,5%. Em 12 meses, as empresas de serviços do Amazonas acumularam alta de 2,5%. No ranking das 27 unidades da federação, o volume de vendas do Amazonas foi terceiro melhor resultado no comparativo com fevereiro, atrás de Tocantins (+12%) e Roraima (3,5%) e bem acima da média nacional (-0,7%). O Estado foi o que se saiu melhor na comparação com março de 2018, enquanto o Brasil caiu 2,3%.

DIA DAS MÃES TEVE CRESCIMENTO MENOR QUE O ESPERADO

A expectativa do varejo, que era de um aumento mais forte nas vendas para o Dia das Mães deste ano, não foi cumprida. Segundo pesquisa divulgada pelo Boa Vista (empresa de crédito), a alta das vendas foi apenas de 1,7%, sendo que a estimativa esperada foi de 2% a 2,5%. Os dados reafirmaram o enfraquecimento do varejo no país, que pode ser atribuído a dois fatores: o grande número de desempregados e ao índice de confiança do consumidor que segue em baixa. Por outro lado, mesmo com vendas baixas, 2019 foi

terceiro ano seguido que a data sazonal foi positiva, já que em 2015 e 2016 o fechamento foi negativo, de -1,2% e -4,6%, respectivamente.

TESOURO DIRETO PAGA MAIOR VENCIMENTO DA HISTÓRIA

Nesta quarta-feira (15), 122 mil investidores devem receber 88 bilhões de reais por conta do vencimento de um título Tesouro IPCA+, antiga NTN-B. Do total, cerca de 9 bilhões de reais são para pessoas físicas. É o maior vencimento da história do Tesouro Nacional. Com negociações iniciadas em 2013 e encerradas em 2017, o valor mínimo de investimento no título era de R$ 37 reais. Quem investiu o valor mínimo no início das emissões, vai resgatar nesta quarta-feira R$ 64 reais. Já quem investiu R$ 373 reais em 2013, resgatará R$ 644 reais. Segundo o Tesouro, a maior fatia dos investidores (52.271) sacará até R$ 10 mil. Só 905 vão resgatar valores acima de R$ 1 milhão. A maior parte (62%) é de São Paulo e Rio de Janeiro; 69% são homens e 57% têm entre 26 e 45 anos.

AUTOR: SÍLVIO PERSIVO –  COLUNISTA TEIA DIGITAL  – PROFESSOR, ECONOMISTA E JORNALISTA

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.