Teia Digital

Rondônia é sexta no ranking de mortes violentas – Por Sílvio Persivo

E, se assim não for, devemos fazer com que seja. “Quando as coisas ficam ruins, é sinal de que as coisas boas estão por perto…” (Cora Coralina). 

OPERAÇÃO FIM DO ANO SEGURO 

Para garantir a segurança nas duas das mais tradicionais festas do calendário brasileiro: o Natal e o Réveillon, a Polícia Militar do Estado de Rondônia montou estratégia visando intensificar ações preventivas e repressivas, no período de 16 de dezembro deste ano a 5 de janeiro de 2020, em todo Estado. Apesar da  Operação Fim de Ano Seguro, a Polícia Militar alerta ser preciso que as pessoas redobrem a atenção com a segurança, principalmente, nas áreas de comércio que recebem grande fluxo nesta época do ano. Furtos, roubos, estelionatos e as famosas saidinhas de banco são crimes recorrentes que podem ser evitados dependendo do planejamento do caminho que vai tomar, onde vai estacionar o carro, onde descer e, em especial, com atenção redobrada ao fechar o veículo e nos cuidados com celular e bolsa. As estratégias montadas pela PM incluem pontos de estacionamento em locais e horários de grande circulação de pessoas; bloqueios em locais críticos; atividades com grande quantidade de efetivo policial, atuação programada de ocupação de pontos estratégicos, podendo ser integrada, em locais críticos; policiamento ostensivo a pé e policiamento motorizado. Além disso, as rondas e atendimento de ocorrências continuarão sendo realizados normalmente nas áreas residenciais, nos bairros dos municípios rondonienses.

INVESTIMENTO EM VEÍCULOS E INFORMÁTICA FORTALECE EXTENSÃO RURAL 

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) liberou R$ 4.063.017,45 (valor global) que serão utilizados na aquisição de veículos e equipamentos de informática para fortalecer os serviços de assistência técnica e extensão rural no estado de Rondônia. A parceria firmada entre o governo estadual, por meio da Emater-RO, e o governo federal, por intermédio da Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo (SAF), do Ministério da Agricultura, visa qualificar os serviços de assistência técnica no estado, beneficiando aproximadamente 50 mil famílias nos 52 municípios de Rondônia. Esta ação foi viabilizada através de emenda parlamentar de 2017 pelo então deputado estadual, Luiz Cláudio Pereira Alves, hoje secretário municipal de agricultura de Porto Velho. O projeto apresentado pela Emater-RO prevê a aquisição de dez caminhonetes pick-up diesel 4X4; 33 caminhonetes pick-up tipo leve; 40 impressoras multifuncionais; 57 notebooks e 310 tablets.

ENCONTRO INVESTE TURISMO É CENTRADO NA GOVERNANÇA E INOVAÇÃO

Acontece hoje, quarta-feira (11), a partir das 14h no Salão Nobre – Rosilda Shockness no Centro Político Administrativo – CPA, o Encontro Investe Turismo – Empreendedorismo e Governança realizado pelo Governo do Estado através da Superintendência Estadual de Turismo – Setur, com o apoio do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac e do Conselho Empresarial do Turismo de Hospitalidade (Conetur)  e do Sebrae/RO. O evento tem como objetivo implantar e fortalecer a governança local e a inovação da oferta turística para o desenvolvimento sustentável dos empreendimentos do Estado. Entre os convidados estão Daniel Martins da Cruz, secretário Municipal de Nobres- MT, desde Janeiro de 2017, que acumula experiências no setor de turismo; Joaquim Magno de Souza, Diretor geral e proprietário da Agência de Receptivo, Roraima Adventures, de Boa Vista e Carlos Fábio de Souza, Coordenador de Turismo – Sebrae AM, graduado em Turismo e Administração, Mestre em Turismo e Hotelaria, pela Univale, professor universitário, atuando há mais de 20 anos na área de planejamento de Turismo. Segundo o presidente em exercício do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac, Gladstone Frota “O Encontro Investe Turismo é uma ótima oportunidade de ampliar as discussões sobre o desenvolvimento do turismo em Rondônia, uma vez que o programa beneficia o Estado, sobretudo, promovendo estudos de viabilidade de investimento, aumento da qualidade e competitividade e a geração de emprego e renda em nossa região. Convidamos a todos os empresários do setor para que participem deste encontro que sem dúvida contribuirá para o fortalecimento do turismo”.

RONDÔNIA É SEXTO NO RANKING DE MORTES VIOLENTAS

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga que, em 2018, Rondônia ficou na sexta posição no ranking de mortes por causas não naturais, com uma taxa de 11,74%, bem maior que o índice brasileiro (8,4%). E, ainda assim, é  uma leve queda em relação ao ano de 2017, quando 12,18% das mortes foram violentas (homicídios, suicídios e acidentes de trânsito). Os homens foram 83% destes registros. Eles também são a maioria quando consideradas as mortes naturais e violentas: 62%. O analista do IBGE, Jorge Elarrat, explicou que os homens são maioria das mortes violentas por causa do estilo de vida. “Eles se envolvem mais com a criminalidade, são mais imprudentes no trânsito e vão menos ao médico que as mulheres”. Os jovens de 20 a 24 anos são as principais vítimas da violência em Rondônia. Em 2018, esta faixa etária representou 10,18% das mortes por causas não naturais, sendo que 87% eram do sexo masculino. No Brasil, 13,59% das mortes violentas foram de jovens com estas idades. Os estados que lideram o ranking de mortes por causas não naturais são: Amapá (16,59%), Pará (14,54%), Tocantins (14,13%), Sergipe (12,99%) e Ceará (12,63%). Nota utilizando os dados da analista censitária Amabile Casarin. 

 

AUTOR: SÍLVIO PERSIVO –  COLUNA TEIA DIGITAL

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Publicidade