Refis municipal vai até 28 de dezembro – Por Sílvio Persivo

Escrito por
Atualizado: novembro 7, 2018

Tudo é mesmo estranho. “Não há beleza rara sem algo de estranho nas proporções” (Edgar Allan Poe).

ANVISA CLASSIFICA HOSPITAL DE BASE COMO SEGURO

O setor de monitoramento da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) apontou o Hospital de Base Ary Pinheiro, referência no tratamento de alta complexidade em Rondônia, como único Hospital Seguro da região Norte. Isto foi o resultado na avaliação feita, o HB passou para a categoria A em segurança sanitária, classificação que exigem notas entre 27, 9 a 38. De acordo com a Anvisa, a nota do Hospital de Base Ary Pinheiro é 33,10. Os números foram divulgados pelo boletim técnico da Anvisa publicado este mês. Conforme o diretor técnico Rodrigo Bastos, a nova avaliação mostra o compromisso da equipe do Hospital de Base que vem, a cada ano, adotando e impondo protocolos internacionais de conduta e normas. O resultado demonstra também a sensível melhoria da saúde no Estado de Rondônia.

REFIS MUNICIPAL VAI ATÉ 28 DE DEZEMBRO

Contribuintes em débito com a Prefeitura de Porto Velho têm até o dia 28 de dezembro próximo para aderirem ao Refis Municipal, Programa de Estímulo à Regularização Fiscal dos Contribuintes. Instituído pela Lei Complementar nº 704 de 21 de dezembro de 2017, o programa possibilita regularizar as dívidas que venceram até 31 de dezembro desse (2017). A lei promove a “concessão de benefício fiscal relativo à anistia de multas e juros moratórios decorrentes de créditos, inscritos ou não em dívida ativa, com ou sem exigibilidade suspensa, ajuizados ou a ajuizar, com ou sem protesto extrajudicial”. O Refis Municipal abrange Taxa de Coleta de Resíduos Sólidos Domiciliares (TRSD), Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), Auto de Infração de IPTU, Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN), Auto de Infração de ISSQN, Taxa de Uso de Bem, Auto de Infração da Permissão de Uso de Bem Público, Taxa pelo Exercício do Poder de Polícia, Auto de Infração decorrente do exercício regular do Poder de Polícia, foros e créditos tributários que tenham sido objeto de parcelamento inadimplente.

APADRINHANDO UMA HISTÓRIA

A Secretaria Municipal de Assistência Social e da Família (Semasf) promoverá atividade no Porto Velho Shopping nos dias 10 e 11/11, no período da manhã e tarde, para divulgação do projeto “Apadrinhando uma História”, com o intuito de captar novos padrinhos para as crianças e 

adolescentes que vivem em abrigos institucionais da Prefeitura de Porto Velho. As pessoas que aderirem ao projeto necessitam ter disponibilidade de tornarem-se ‘padrinhos e madrinhas’ dessas crianças e adolescentes, cujos vínculos com as famílias de origem encontram-se total ou parcialmente rompidos. Esses “padrinhos” afetivos manterão contato regular os menores, dando carinho e atenção, podendo levá-los para passear, passar fins de semana em sua casa ou mesmo durante as férias escolares. “Apadrinhando uma História” foi idealizado pela Semasf (Serviço de Acolhimento Institucional), pelo 2º Juizado de Infância e Juventude, pelo Ministério Público do Estado (Centro de Apoio Operacional da Infância e Juventude) e pela Comissão Estadual Judiciária de Adoção. A diretora do Departamento de Proteção Social Especial da Semasf, Ana Karla, informou que a partir de agora o órgão vai intensificar as ações para fortalecer o projeto e assim aumentar o número de ‘padrinhos e madrinhas’ para atender afetivamente as crianças e adolescentes que tanto necessitam de apoio. O trabalho no Porto Velho Shopping será coordenado pela equipe desse departamento.

INDÚSTRIA AUTOMOBILÍSTICA TEM O MELHOR OUTUBRO DESDE 2014

As vendas de veículos novos no mercado interno aumentaram 25,6 %, em outubro, sobre o mesmo mês do ano passado, e superaram em 19,4% a comercialização de setembro último, acumulando no ano uma alta de 15,3% com um total 2,1 milhões de unidades. Este foi o melhor resultado para um mês de outubro desde 2014 e o melhor desempenho mensal desde dezembro daquele mesmo ano. Tomando por base o desempenho, até o momento, o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Antonio Megale, acredita que o setor vai superar a previsão de crescimento de 13,7% no fechamento do ano. Para 2019, ele prevê bons negócios, com a possibilidade de uma elevação na casa de dois dígitos.

MELHORA SETORIAL NÃO ANIMA TANTO OS EMPRESÁRIOS

Mesmo com uma alta de 7% nas vendas de material de construção na passagem de setembro para outubro, a estabilidade no faturamento do setor no ano deixa os lojistas em compasso de espera e não anima tanto os empresários em relação ao final do ano e se espera que um melhor comportamento do consumidor para cravar um crescimento de 6,5% do setor neste ano. Esta é a previsão otimista da Associação Nacional dos Comerciantes de Materiais de Construção (Anamaco) que apontam que de janeiro a outubro os lojistas de material de construção apresentaram um incremento de 5,5% em vendas na comparação anual. Para a entidade, a alta de 7% na passagem de setembro para outubro já era esperada, principalmente pela proximidade das definições eleitorais. “Tivemos queda do dólar de mais de 7% no mês e alta de mais de 6% na Ibovespa, principal indicador da bolsa paulista. Esse otimismo refletiu nas lojas, as pessoas voltaram a comprar e a planejar gastos com a casa”, diz o relatório da Anamaco. No caso do consumidor final, apesar da melhora da confiança, a sócia fundadora da consultoria Connect Shopper, Fátima Merlin lembra que os efeitos da recessão ainda estão presentes na renda familiar. “O brasileiro ainda está com os bolsos apertados por conta da crise”.

AUTOR: SILVIO PERSIVO –  COLUNISTA TEIA DIGITAL

PROFESSOR, JORNALISTA E ECONOMISTA

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.