Malha ferroviária deve dobrar até 2025 – Por Sílvio Persivo

Escrito por
Atualizado: julho 19, 2019

Dinossauros modernos. “O mundo mudou rápido demais para a nossa estrutura genética. Somos alienados de nosso ambiente” (Nassim Nicholas Taleb).

SUFRAMA TENTA RESGATAR PROTAGONISMO REGIONAL

Terminou na quarta-feira (18) a visita da comitiva da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) em Rondônia. Organizada pela Superintendência Estadual de Desenvolvimento Econômico e Infraestrutura (Sedi), a visita teve como foco o resgate do protagonismo da Suframa na região Norte, tema que norteou uma reunião realizada com órgãos ligados ao desenvolvimento regional no Palácio Rio Madeira. O superintendente da Zona Franca de Manaus (Suframa), Alfredo Menezes, fez um retrospecto do que foi a Suframa nos anos anteriores, em que a atuação no desenvolvimento regional era pequena. “Perdemos nosso papel de catalisador e fomentador do desenvolvimento regional a partir de 2002, quando o governo federal resolveu contingenciar todos os recursos da Suframa e trocar por emendas parlamentares”, ressaltou. A visita faz parte de um esforço para recuperar o protagonismo do órgão. Segundo Alfredo, o presidente Jair Bolsonaro deu autonomia administrativa para que ele monte uma equipe que olhe para toda a região, e não apenas para o Amazonas, e que há uma expectativa de descontingenciamento dos recursos depois da reforma da previdência, o que iria beneficiar toda a região.

PRAZO PRORROGADO

As inscrições para a edição 2019 do Prêmio IEL de Estágio seriam encerradas nesta sexta-feira, 19, mas, o Instituto Euvaldo Lodi de Rondônia (IEL-RO) prorrogou o prazo até o dia 26 deste mês somente através do https://portal.fiero.org.br/iel. O Prêmio IEL de Estágio tem como objetivo incentivar as empresas a manter a excelência em seus Programas de Estágio, e reter os melhores estagiários.  

CERTIFICAÇÃO DIGITAL MAIS BARATA NA FECOMÉRCIO

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Rondônia – Fecomércio/RO, disponibiliza a emissão e validação do Certificado Digital com 25% de desconto. O Certificado Digital é a identidade da pessoa física e jurídica no meio eletrônico, garantindo autenticidade, confidencialidade, integridade e não repúdio, atribuindo por meio dele, validade jurídica. Os benefícios em aderir ao certificado digital são muitos, pois com a identificação no meio eletrônico, é possível que diversos serviços sejam realizados sem a necessidade da presença física, e mais: significa agilidade nos processos, sustentabilidade e redução de custos.

Existem dois tipos de certificado digital, o certificado A1 que é emitido e armazenado no computador ou dispositivo móvel (smartphone ou tablet) com validade de 1 ano e o certificado A3, emitido e armazenado em mídia criptográfica (cartão ou token) com validade de 1 a 3 anos. A Fecomércio Serviços trabalha com todos os modelos de certificados: e-CPF, e-CNPJ, NF-e| NFC-e, OAB, mobile ID, remote ID e SSL.

SETOR DE SERVIÇOS DO AMAZONAS SUPERA A MÉDIA NACIONAL EM MAIO

Segundo a pesquisa mensal do IBGE, a receita nominal do setor de serviços do Amazonas avançou 1,1% frente a abril, após a elevação de 1,3% no mês anterior. Na comparação com maio de 2018, houve uma alta de 9,7%. Os acumulados do ano (+7,3%) e dos últimos 12 meses (+3,5%) também foram positivos. Entre as unidades da federação, o Estado obteve a nona posição no comparativo com abril, novamente acima da média nacional (0%). O melhor resultado veio de Tocantins (+4,7%) e o pior, do Mato Grosso (-4,3%). Em cinco meses, também ficou em terceiro, acima do número brasileiro (+5,1%) e atrás apenas de São Paulo (7,9%) e Santa Catarina (7,8%). O Acre (-6,1%) também ficou em último, neste caso.

XXIII CONGRESSO BRASILEIRO DE ECONOMIA

Com a missão de contribuir para o desenvolvimento socioeconômico do País e assegurar o exercício legal e ético da profissão do economista, o Sistema Cofecon/Corecons realiza, tradicionalmente a cada dois anos, o Congresso Brasileiro de Economia. A 23ª edição é organizada pelo Conselho Regional de Economia de Santa Catarina (Corecon-SC) em parceria com este Conselho Federal de Economia e terá como tema central “Alternativas para a retomada do desenvolvimento econômico”. O XXIII CBE ocorrerá de 16 a 18 de outubro de 2019 na cidade de Florianópolis, capital de Santa Catarina, e são esperados cerca de 1.500 congressistas, entre economistas, estudantes de Economia, palestrantes com relevância nacional e internacional, autoridades governamentais, além de representantes dos principais segmentos das Ciências Econômicas e da sociedade em geral. O evento é uma oportunidade para reunir profissionais de todo o País com o objetivo de discutirem conjuntura econômica e seus reflexos no Brasil e no mundo. 

MALHA FERROVIÁRIA DEVE DOBRAR ATÉ 2025

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, afirmou que a participação das ferrovias na matriz de transportes do país deve subir dos atuais 15% para 30% até 2025. Para ele, isto se deve a uma série de investimentos e concessões no setor, entre as quais o leilão do trecho entre Porto Nacional (TO) e Estrela D’Oeste (SP) da Norte-Sul, vencido pela Rumo. O leilão foi realizado no primeiro semestre deste ano. Ele citou ainda projetos propostos para o futuro, como a Ferrogrão e a Fiol (Ilhéus a Caetité), ambas em estudo; a Fico (Água Boa a Mara Rosa); e a ferrovia Rio-Vitória, as duas em análise pelo Tribunal de Contas da União (TCU); e as prorrogações da malha paulista e da estrada de ferro Carajás, estrada de ferro Vitória Minas, a MRS e a ferrovia Centro-Atlântica. E completou: “Vamos aumentar participação dos 15% para 30% até 2025. Em seis anos, o modal ferroviário vai passar por uma mudança bastante significativa”.

AUTOR: SÍLVIO PERSIVO –  COLUNISTA TEIA DIGITAL –  JORNALISTA, PROFESSOR E ECONOMISTA

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.