EMPRESÁRIOS DE MANAUS MAIS OTIMISTAS COM O FIM DE ANO – por Silvio Persivo

Escrito por
Atualizado: outubro 10, 2017

Sonata para os ignorantes de plantão. “Ao dar não imite a galinha que põe um ovo e não pára mais de cacarejar” (Henry Ward Beecher).

BRASIL CENTRAL ASSUMIU COMPROMISSO DE AJUDAR OS MUNICÍPIOS MAIS VULNERÁVEIS

A sexta reunião do Fórum de Governadores do Brasil Central foi concluída, na última sexta-feira (06), em Porto Velho.  Os governadores  firmaram o compromisso de oferecer suporte aos municípios mais vulneráveis e avançar nas tratativas para que o governo federal assuma compromissos na proteção das fronteiras. O encontro aconteceu no edifício Pacaás Novos, sede do governo de Rondônia. Estiveram com o governador Confúcio Moura, os representantes de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Goiás, Maranhão e Distrito Federal, e terão outra reunião, ainda neste mês, em Rio Branco (AC), para tratar com o presidente da República, Michel Temer, da questão da segurança nas fronteiras. A área de segurança pública, abordada por jornalistas na entrevista coletiva, arrancou do governador Marcelo Miranda, do Tocantins, uma resposta contundente. “Nós fazemos nossa parte com muito esforço, cuidando das fronteiras. Mas, é competência do governo federal,  que abandonou tudo”. Segundo ele, parte substancial das drogas que assolam as cidades brasileiras entram no país vindo dos países vizinhos.  A reunião dos governadores, antes, teve um encontro reservado com os técnicos que no dia detalharam os temas para serem deliberados. Assuntos como infraestrutura e logística, acesso a mercados promissores, investimentos externos, além da agenda positiva com o legislativo foram mostrados aos governadores. Segundo o governador Confúcio Moura, o fórum mantém o compromisso assumido deste a criação que é ajudar o país a encontrar saídas e alternativas importantes “para uma crise tão longa”. O movimento reúne estados produtores de alimentos e que, conforme Confúcio, “têm PIB positivo e vem garantindo, de certa forma, o crescimento da economia brasileira”.

 AULA MAGNA DO MESTRADO ACADÊMICO DA UNIR

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação – Mestrado Acadêmico em Educação da Universidade Federal de Rondônia (PPGE/UNIR) realizará a Aula Magna da sua Turma 2017,proferida pelo eminente professor doutor Dermeval Saviani. O evento será no dia 12 de outubro de 2017 (quinta-feira), às 19h30, no Auditório do Teatro Banzeiros, em Porto Velho. Além dos mestrandos da nova turma do PPGE/UNIR e seus familiares, também estão convidados para participar da Aula Magna os outros alunos e egressos do Programa, professores da rede pública municipal (120 vagas) e estadual (30 vagas) e autoridades públicas locais. As inscrições serão feitas no local do evento e não haverá emissão de certificado de participação.

 LANÇAMENTO DAS CAMISETAS DOS AMIGOS DE GUAJARÁ-MIRIM

O programa imperdível desta quarta-feira (11) é na ALK Distribuidora e Conveniência, Av. Engenheiro Anysio da Rocha Compasso, 6040, no início da denominada Estrada da Penal, um pouco antes do Condomínio Ecoville, do lado direito de quem vai do centro. Lá será feito o lançamento das camisetas dos “Amigos de Guajará-Mirim” que se destina a arrecadar fundos para o encontro anual que será feito em novembro, uma grande festa da Pérola do Mamoré. Mas, como cereja do bolo, será feita uma apresentação de Caté Casara acompanhado de Telemaco na bateria. Nem precisa se dizer que a cerveja lá é geladíssima e que, para quem gosta, além de quibes, charutos e kafta há  ainda deliciosas saltenhas ou, para os mais famintos, costelinhas de porco.

FESTIVAL CINEAMAZÔNIA DIVULGA LISTA DOS FINALISTAS DA MOSTRA COMPETITIVA

A 15ª edição do Festival Cineamazônia divulgou as produções finalistas da Mostra Competitiva de 2017. Ao todo foram selecionados 41 filmes entre curtas, médias e longas metragens que concorrerão ao Troféu Mapinguari divididos em quatro categorias: Documentário, Ficção, Animação e Experimental.Dos selecionados, 32 são curta-metragens (filmes curtos de até 15 minutos de duração) e estão distribuídos nas categorias Ficção, Animação e Experimental e docuentário. O Rio de Janeiro é o estado brasileiro com mais representantes, com sete filmes escolhidos. Já Rondônia possui quatro produções entre os finalistas. “Balanceia”, de Thiago Oliveira e Juraci Júnior; “Que assim seja”, de Érica Pascoal; “Guariterêbenguela”, de Chicão Santos e “Banho de Cavalo”, de Michele Saraiva e Francis Madson. Oito produções são de média e longa metragem, cujos finalistas concorrem apenas na categoria Documentário (Prêmio Melhor Longa Metragem Documentário). São eles “Dedo na ferida”, de Sívlio Tendler (RJ); “Não só sereias ou faunos”, Sara Bonfim (PR); “Belo Monte: um mundo onde tudo é possível”, Alexandre Bouechet (RJ); “Água mole em pedra dura”, James Lloyd e Flávia Angelico (SP); “Xavante: Memória, cultura e resistência”, de Henrique Dantas (BA). As produções moçambicana “Macoconi – As raízes dos nossos filhos”, de Fábio Ribeiro, e peruana “Los ojos del camino”, de Rodrigo Otero Heraud, fecham a lista de finalistas.Ao todo a curadoria do festival recebeu 452 filmes, entre curtas, médias e longa metragens. Além das produções nacionais, o Festival Cineamazônia recebeu candidatos de Colômbia, Espanha, Peru, Chile, Argentina, México, Moçambique, Índia, Itália, Birmânia, Bósnia/Herzegovina, Portugal, E.U.A., Irã, França, Singapura, Alemanha. A 15ª edição do Cineamazônia tem o patrocínio do BNDES, Governo Federal, Ministério da Cultura, Secretaria do Audiovisual e da Lei Rouanet. Ainda tem o apoio cultural da Sejucel, Funcultural, Fecomércio e SESC Rondônia. O Cineamazônia é associado ao Fórum dos Festivais e membro do Green Film Network.

EMPRESÁRIOS DE MANAUS MAIS OTIMISTAS COM O FIM DE ANO

Depois de uma fase muito difícil o comércio amazonense começa dar sinais de recuperação e está otimista em relação ao fim do ano., que, em razão do Natal, é considerada a melhor data para as vendas do setor. Segundo a Fecomércio-AM (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Amazonas), a abertura de vagas temporárias deve crescer, este ano, de 1,5% a 2,5% em relação ao ano anterior. A estimativa é que sejam criados até três mil novos empregos no período com contratações entre outubro e dezembro.  Segundo o vice-presidente da entidade, Aderson Frota, já há indícios de retomada de negócios, de vez que as empresas estão contratando e o comércio local começa selecionar pessoas para atender o Dia das Crianças, celebrado no próximo dia 12. “Acredito que nós vamos ter sim um maior incremento nas vendas como também contratações para postos de trabalho. O crescimento, ainda que modesto, será em torno de 1,5% a 2,5% porque estamos em fase de transição e nada aponta para uma retomada maior”, disse. Para ele, a liberação de benefícios como o FGTS, PIS e 13° aos trabalhadores geram uma expectativa de maior movimentação nas vendas do final de ano.

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *