Brasil apresenta índices alarmantes de depressão e ansiedade – por Silvio Persivo

Escrito por
Atualizado: março 21, 2017

“O pormenor de uma coisa pode ser o signo de um mundo novo, de um mundo que, como todos os mundos, contém os atributos da grandeza” (Gaston Bachelard).

HOMENAGEM AO GENERAL COSTA NEVES

Nesta quarta-feira (22) acontece no Auditório da OAB, numa iniciativa do Juiz Federal Dimis da Costa Braga, do presidente da OAB, Andrey Cavalcante e o presidente da Academia Rondoniense de Letras, Júlio Olivar, às 19:30 horas, a cerimônia de homenagem ao General Ricardo Augusto Costa Neves, por ocasião de sua passagem do comando da 17ª Brigada de Infantaria da Selva.

DIÁLOGOS HIDROVIÁVEIS

A FENAVEGA-Federação das Empresas de Navegação Aquaviária divulgou que, como parte das comemorações do Dia Mundial da Água (22 de março) irá promover, em conjunto com o Departamento Nacional de Infraestrutura-DNIT, uma série de debates públicos denominados de Diálogos Hidroviáveis- Programa de Integração Permanente de Iniciativas para o Desenvolvimento Sustentável de Hidrovias Brasileiras com o propósito de incentivar a integração e o uso sustentável das hidrovias. Os debates ocorrerão entre os dias 21 e 23 de março em Brasília. Um das figuras mais destacadas na luta por um melhor aproveitamento das hidrovias, o presidente da FENAVEGA, Raimundo Holanda, informou que os debates envolvem cinco painéis: Agropecuária e Exportação, Licenciamento e Meio Ambiente, Infraestrutura e Demandas, Regulação e Legislação e Rio São Francisco-Integração.

PROMOVER O DESENVOLVIMENTO É TEMA DE ACORDO ENTRE FECOMÉRCIO E REDE AMAZÔNICA DE TELEVISÃO

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Rondônia (Fecomércio-RO) e a Rede Amazônica resolveram fazer uma  parceria para projetos que visem o desenvolvimento regional, com foco em setores econômicos como o comércio e o turismo. O acordo foi discutido na segunda-feira (20) entre o presidente da Fecomércio-RO, Raniery Coelho, a Consultora da Presidência, Cileide Macedo, e a vice-presidente da Rede Amazônica de Televisão, Cláudia Daou, e os diretores Antônio Campanari (Presidente de Afiliadas), Ricardo Mendes (Vice-presidente de Afiliadas) e Mário Costa (Superintendente da Rede Amazônica. O presidente Raniery Coelho ressaltou o papel empreendedor das duas instituições, e da importância da parceira em torno de um projeto que pretende divulgar potencialidades regionais, muitos deles ainda inexplorados. “Vivemos em uma região próspera e que possui um enorme potencial de desenvolvimento. Estamos dispostos a dar nossa contribuição através de um projeto que valorize as coisas da nossa terra”, afirmou. A vice-presidente e os dirigentes da Rede Amazônica lembraram do papel fundamental que o Grupo teve no desenvolvimento da região e que, nos 44 anos que o jornalista Phelippe Daou esteve à frente do Grupo. “Ele (Phellipe Daou) sempre repetia a todos que ´a nossa causa é a Amazônia´. Por isso o desenvolvimento regional é uma missão do grupo, um trabalho árduo com o qual estamos compromissados há várias décadas”, disse Cláudia.  Os moldes dessa parceria ainda serão construídos, um deles é a realização de um seminário sobre Desenvolvimento Regional, entre outras matérias pontuais sobre economia, gastronomia, cultura e turismo.

BRASIL APRESENTA ÍNDICES ALARMANTES DE DEPRESSÃO E ANSIEDADE

A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou dados sobre a incidência de transtorno de ansiedade e de depressão na população mundial. São 322 milhões de pessoas com depressão em todo o mundo – 4,4% da população e 18% a mais do que há dez anos. O Brasil ficou em destaque quando comparado com outros países das Américas, figurando em primeiro lugar com a maior incidência de transtorno de ansiedade, e garantindo o 2º lugar na incidência de depressão. As pesquisas revelaram que 9,3% dos brasileiros têm algum transtorno de ansiedade e a depressão afeta 5,8% da população. Dados como estes não devem passar despercebidos, são problemas de saúde que precisam de atenção. É o chamado “mal silencioso” que infelizmente ainda está envolto em preconceitos e falta de informação.  Ainda de acordo com a OMS, no Brasil, em 2015, eram 11,5 milhões com depressão e 18,6 milhões com transtorno de ansiedade. Para a psicanalista Claudia Livingston Ades, Mestre em Psicologia Clínica pela PUC-SP e integrante do quadro do Zenklub, “No Brasil, especificamente, estamos passando por mudanças em diversas esferas, o brasileiro desenvolveu um estado de alerta porque vive constantemente com medo. Medo da violência, do desemprego, das incertezas e outros fatores. ” Segundo a OMS, a depressão é a principal causa de mortes por suicídio, com cerca de 800 mil casos por ano.

INTENÇÃO DE CONSUMO DO BRASILEIRO AUMENTOU EM MARÇO

A Intenção de Consumo das Famílias (ICF), apurada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), alcançou 78,2 pontos em março de 2017, em uma escala de 0 a 200. Apesar de continuar abaixo da zona de indiferença (100 pontos), o índice aumentou 1,4% na comparação mensal e 0,9% em relação a março de 2016. Segundo Juliana Serapio, assessora econômica da CNC, “Mesmo com os cortes na taxa básica de juros e a liberação de saques em contas inativas do FGTS, o maior volume de dinheiro em circulação deverá ser usado, primeiramente, na quitação de dívidas e redução do endividamento. Em seguida, ele seguirá para o consumo”. Mas, um sinal bom foi o de que os dois componentes ligados ao emprego registraram pontuação acima da zona de indiferença. Emprego Atual atingiu 108,3 pontos e registrou alta de 1,8% em relação ao mês anterior e de 2,5% na comparação com março de 2016. Já a Perspectiva Profissional atingiu 103 pontos, um aumento de 1,1% ante fevereiro. Na comparação anual, manteve-se estável. O percentual de famílias que se sentem mais seguras em relação ao emprego atual é de 31,5%.

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.