Plano de Expedito Junior contempla reivindicações do setor produtivo

Escrito por
Atualizado: setembro 12, 2018

Outras sugestões, como as contidas no Plano de Desenvolvimento Industrial serão acrescentadas

Em reunião com dirigentes da Federação das Indústrias de Rondônia (fiero), na tarde de segunda-feira (10), o candidato ao governo pela coligação “Rondônia, esperança de um novo tempo”, fez uma breve apresentação pontual de seu plano de governo. O presidente da Fiero, Marcelo Thomé e demais líderes empresariais ficaram animados com o que ouviram, principalmente porque as propostas do candidato contemplam a maioria dos anseios do setor produtivo.

Expedito citou itens como o incentivo à industrialização de produtos básicos, como o couro e a soja e explicou, sobretudo, sua determinação em liderar uma frente de governadores juntamente com o Mato Grosso, o Acre, o Amazonas, Roraima e Amapá, com o objetivo de dar musculatura a base parlamentar da região para lutar por bandeiras como a duplicação da BR-364, o balizamento, dragagem e manutenção permanente do corredor navegável do rio Madeira, cujo objetivo e garantir uma navegação perene o ano todo; a construção da Ferronorte, a efetivação da internacionalização do aeroporto de Porto Velho, enfim, consolidar uma estrutura logística intermodal que estimule os empreendedores.

Marcelo Thomé elogiou e lembrou que a logística é um dos itens mais importantes na formação de preços. Se viabilizada a formação desse bloco regional, os estados envolvidos passariam a contar com uma bancada federal com 48 deputados federais e 18 senadores, um grupo parlamentar com força suficiente para ‘brigar’ com bancadas robustas, como a de são Paulo, por exemplo, que tem 70 deputados federais.

Expedito falou de seu estilo irrequieto e disse que não será um governador de gabinete. “Não sei ficar parado, sossegado em gabinete numa zona de conforto. Eu vou atrás para que as coisas aconteçam. Nesse sentido, vou precisar muito de vocês. O governo será o indutor do crescimento e vocês os executores”.

EXPECTATIVA

Outra informação percebida pelos empresários como “música para nossos ouvidos”, como definiu Thomé, foi a de que a equipe de auxiliares de primeiro escalão do governo será essencialmente técnica, imune à indicação política. “Não faço a política da troca. Serei um governador do diálogo, tenho que estar à frente de todas as discussões, por isso minha equipe será escolhida a dedo. Meus secretários terão de cumprir metas. Vou estabelecer metas. Cumpriu, muito bem. Não cumpriu, troco”.

“Há uma expectativa muito grande com relação a um governo sob comando do Expedito, uma expectativa muito positiva. Por isso, não posso errar, não vou me permitir errar e não vou decepcionar o povo rondoniense, independente de quem votou ou não votou no Expedito”, avaliou.

No próximo dia 21 a Fiero realizará um encontro com todos os candidatos ao governo, quando apresentará uma minuta do Plano de Desenvolvimento Industrial, estudo que orienta investimentos de acordo com a aptidão de cada região do estado. Expedito sinalizou que poderá incorporar sugestões ao seu plano de governo.

FONTE: ASSESSORIA

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.