Maia quer entregar Previdência ao Senado até 9 de agosto

Escrito por
Atualizado: julho 13, 2019

Presidente da Câmara minimizou o fato de a votação em segundo turno ter ficado para depois do recesso parlamentar

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que quer entregar a reforma da Previdência para o Senado até o dia 9 de agosto. Ele confirmou que o início da votação da segunda fase terá início no dia 6 do próximo mês, após o fim do recesso parlamentar.

“Segundo turno deve ir de terça (6) a quinta (8) de agosto”, disse e depois reiterou que pretende entregar aos senadores entre 8 ou 9.

Ele minimizou o fato de a votação em segundo turno ter ficado para depois do recesso parlamentar e disse que trabalhou de acordo com o tempo da Casa, para evitar um adiamento maior.

“Se tivesse iniciado segundo turno [na próxima semana], oposição teria feito obstrução hoje e não teríamos terminado destaques”, disse. “Ao longo do dia fomos sinalizando que o mais importante seria terminar o primeiro turno”, afirmou.

Questionado se os deputados, ao retornarem às suas bases durante o recesso, não poderiam mudar de ideia, ele disse que sim. “Podem mudar de ideia sim, a favor da reforma”, afirmou.

Ele disse ainda que não se sente frustrado por não ter conseguido finalizar os trabalhos da reforma no primeiro semestre. “Mesmo que votássemos na próxima semana, o Senado só ia começar a trabalhar essa matéria dia 8 ou 9 (agosto)”, disse.

“Eu estou feliz com o resultado, nunca imaginei depois de tantos anos como deputado que pudéssemos ter uma votação de um tema desse com 379 votos”, afirmou antes de deixar a Câmara.

Os deputados finalizaram mais cedo a votação dos destaques da reforma. Agora, a matéria está sendo analisada novamente pela Comissão Especial, que precisa votar o texto novamente, já que houve mudanças no plenário.

FONTE: ESTADÃO CONTEÚDO

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.