Laerte Gomes propõe realização de Oficina Técnica de Educação para o Trabalho

Escrito por
Atualizado: outubro 9, 2019

Curso será voltado para interessados em conquistar o primeiro emprego e para os que pretendem retornar ao mercado de trabalho

Atento às dificuldades e exigências para iniciar a primeira experiência no mercado de trabalho, o presidente da Assembleia Legislativa, Laerte Gomes (PSDB) solicitou que a Escola do Legislativo tomasse as medidas administrativas, operacionais e pedagógicas necessárias para a realização mensal de uma Oficina Técnica de Educação para o Trabalho.

O curso é voltado tanto para os que desejam o primeiro emprego, quanto para os que pretendem ser reinseridos no mercado de trabalho. Conforme dados oficiais, muitas pessoas encontram dificuldades ao buscar o primeiro emprego, diante da falta de orientação técnica.

“E com a introdução de novas tecnologias e as novas exigências no mercado de trabalho, esta missão tornou-se, para alguns casos, um autêntico pesadelo. Dessa forma, visando auxiliar estas pessoas, preparando-as tecnicamente para o primeiro emprego ou sua reinserção no mercado de trabalho é que propomos esta Oficina Técnica de Educação para o Trabalho”, enfatizou Laerte Gomes.

De acordo com o presidente, a iniciativa, na realidade é um trabalho social, complementar do Poder Legislativo. A oficina será ministrada pelo técnico legislativo, consultor em Gestão de Recursos Humanos, jornalista e especialista na área, Paulo Ayres de Almeida.

A Oficina Técnica de Educação para o Trabalho poderá ser ministrada sempre na última sexta-feira do mês e terá duração de duas horas.

“Durante esse tempo, o participante receberá orientações para entrevistas, preparação de currículos, dinâmicas seletivas, comportamento e outros procedimentos. É uma excelente oportunidade”, concluiu o presidente Laerte Gomes.

 

FONTE: ALE/RO –  DECOM

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.