Direção do PSDB de Porto Velho denuncia Vereador Alan Queiroz para a Comissão de Ética

Escrito por
Atualizado: julho 12, 2019

O presidente do Diretório Municipal do PSDB, Lindomar Carreiro, anunciou uma denúncia subscrita por ele a Comissão de Ética do partido para analisar e tomar, posterior, providências contra a atitude do vereador Alan Queiroz (PSDB), ao tentar colocar a população da comunidade Jerusalém da Amazônia contra a direção tucana em Porto Velho. O imbróglio começou após a exoneração da diretora da Escola Jerusalém da Amazônia, a bióloga Francisca das Chagas Lima Sobreira, substituída por ex-candidata a vereadora de Extrema, ligada ao vereador Alan Queiroz.

Procurado por um grupo de moradores, Alan disse que a demissão da diretora ocorreu porque ela estaria “queimando” o prefeito em grupos de WhattsApp e a decisão partiu do PSDB de Porto Velho. Ele disse que nada tinha a ver com o ocorrido. Os moradores, então, procuraram o presidente do partido Lindomar Carreiro para exigir explicações. “Fui pego de surpresa com essa informação. O partido não esse poder de trocar diretor de escola”, disse Lindomar, triste com a atitude do vereador.

Na verdade, segundo o presidente do PSDB, Alan Queiroz pediu a troca da diretora Francisca para contemplar aliados eleitorais de Extrema que o ajudaram na campanha. “Como não teve coragem de assumir sua decisão, jogou a culpa no partido”, acrescentou o dirigente tucano. A comunidade deixou um abaixo-assinado exigindo o retorno da ex-diretora e ameaça fechar a escola e a BR-364 senão houver atendimento da demanda. Já o caso do vereador será decidido pela Comissão de Ética.

FONTE: ONORTÃO INFORMAÇÕES DO RONDONIAGORA.COM

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.