Policial

Polícia prende advogado e membros de facção envolvidos em homicídios em Porto Velho

No momento da prisão, advogado foi flagranteado com droga e arma de fogo

Através da Operação Caedes, a Polícia Civil prendeu na manhã desta terça-feira (04) em Porto Velho, um advogado e seis membros de facção criminosa envolvidos em homicídios que ocorreram na capital do estado.

Segundo a Polícia, o advogado, que tem registro na Paraíba foi flagranteado com 3,5 quilos de maconha e uma arma de fogo adaptada. Ele fazia a defesa dos criminosos. A prisão dele foi acompanhada por representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

A operação deflagrada nas primeiras horas da manhã de hoje com objetivo prender os responsáveis por homicídios que ocorreram nos últimos dois meses em Porto Velho e suspeitos de terem sido praticados pelos membros das facções.

Um dos crimes, de acordo com a Polícia, foi o homicídio do barbeiro Lucas dos Santos Veiga, 20,  morto a tiros em janeiro deste ano. A motivação do crime, segundo a Polícia Civil, teria sido porque Lucas postou uma foto nas redes sociais com uma adolescente que era namorada de um dos membros do PCP (Primeiro Comando do Panda). O acusado já estava preso e ordenou a morte de Lucas, alegando que ele era membros do Comando Vermelho, o que não ainda não foi comprovado.

Na Operação de hoje, seis pessoas foram presas e foram lavrados três autos de prisão em flagrante. Duas armas foram localizadas, 33 munições de calibre 38 e uma motocicleta roubada apreendidas. Ao todo, foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão e cinco de prisão temporária, totalizando 14 medidas cautelares, entre mandados de prisão e busca e apreensão.

Os crimes seguem sendo investigados.

Fotos: PC/RO

FONTE: RONDONOTICIAS

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com