Polícia Federal deflagra Operação Sativa e cumpre 16 mandados de prisão em Rondônia, Mato Grosso e Paraná

Escrito por
Atualizado: outubro 10, 2018

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quarta-feira, a Operação Sativa, visando desarticular associação criminosa dedicada ao tráfico interestadual de drogas. As ações são coordenadas pela Delegacia de Repressão a Drogas (DRE) e o Grupo de Investigações Sensíveis (GISE).

A Vara de Delitos de Tóxicos de Porto Velho expediu 19 mandados de prisão, 16 de busca e apreensão, sendo 4 (quatro) deles cumpridos em unidades prisionais na Capital, com o apoio da Gerência de Informação e Inteligência da SEJUS e do Grupo de Ações Penitenciárias Especiais (GAPE).

Os mandados estão sendo cumpridos nas cidades de Porto Velho, Vilhena, Ji-Paraná, Campo Grande/MS, Pontal do Paraná/PR, Campina Grande do Sul/PR e Colombo/PR.

A Justiça determinou também o bloqueio de 20 (vinte) contas bancárias dos investigados utilizadas para a movimentação dos valores relacionados com a venda dos entorpecentes.

As investigações tiveram início no dia 5 de junho, com a prisão em flagrante de um casal em Porto Velho/RO na posse de aproximadamente 60kg (sessenta quilos) de maconha.

A partir da análise dos telefones celulares apreendidos com os presos, foi possível delinear toda a forma de atuação do grupo criminoso.

As drogas eram fornecidas por um homem, residente na cidade de Campo Grande/MS e transportadas até a capital por intermédio de motoristas residentes no estado do Paraná, ocultas no interior de cargas lícitas em caminhões.

Todo o esquema de compra e venda de drogas era gerenciado por um dos investigados que se encontra preso em unidade prisional de Porto Velho, controlando a ação de diversos outros comparsas, sobretudo familiares.

Durante as investigações foram realizadas 04 (quatro) apreensões de substâncias entorpecentes, totalizando aproximadamente 1 (uma) tonelada e 700 (setecentos) quilos de maconha, além de insumos utilizados no preparo e refino das drogas.

Além da prisão do casal em Porto Velho na posse de 60kg (sessenta quilos) de maconha, foram apreendidos cerca de 700kg (setecentos quilos) de maconha no mês de julho na cidade de Vilhena e 940kg (novecentos e quarenta quilos) na cidade de Campo Grande/MS no mês de agosto.

Em setembro de 2018, em cumprimento a mandado de prisão preventiva e busca e apreensão expedido pela Vara de Delitos de Tóxicos, autuou-se novamente em flagrante delito a mesma investigada que havia sido presa no início das investigações e colocada em liberdade durante audiência de custódia, sendo encontrado em sua posse insumos químicos utilizados para o refino de cocaína, uma quantidade de maconha pronta para a comercialização, além de petrechos para a venda dos entorpecentes.

FONTE: RONDONIAGORA.COM

 

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.