PF prende quatro pessoas por extração ilegal de madeira em Ji-Paraná

Escrito por
Atualizado: setembro 14, 2019

A Polícia Federal, através da Delegacia de Ji-Paraná, em conjunto com a Funai, realizou a prisão, nessa quarta-feira (11), durante fiscalizações na Terra Indígena Sete de Setembro, de quatro pessoas pela prática do crime de extração ilegal de madeira.

A ação de fiscalização em conjunto com a Finai se deu em decorrência de denúncias apresentadas pela população local dando conta da extração ilegal de madeira e a própria serragem de madeira no interior da Terra Indígena, contando com o apoio e autorização de um indígena.

Assim, após os levantamentos de inteligência realizados, as equipes se deslocaram para o local identificado, no interior da Terra Indígena, ponto de difícil acesso, e lograram êxito em prender em flagrante delitos os quatro na posse de motosserras e outros instrumentos utilizados para o desmatamento da região.

Durante o deslocamento, as equipes identificaram um acampamento montado pelos invasores, o qual se encontrava vazio no momento, apenas com pertences pessoais e instrumentos, além de três motocicletas. Em continuidade, foi possível identificar o barulho gerado pelo corte das árvores, chegando-se ao ponto exato do desmatamento.

Além da apreensão das madeiras, algumas já serradas, a Polícia Federal e a FUNAI apreenderam na posse dos presos armas, munições, motosserras e diversos outros instrumentos para a prática dos crimes ambientais.

Os quatro presos, incluindo-se um indígena, foram conduzidos para a Delegacia da Polícia Federal em Guajará-Mirim, onde foram ouvidos e encaminhados para o presídio local, onde permanecem à disposição da Justiça.

 

FONTE: Ascom PF/RO

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.