Operação Lei Seca prende 87 motoristas e recolhe 121 habilitações em seis municípios de Rondônia

Escrito por
Atualizado: fevereiro 5, 2019

A Operação Lei Seca foi realizada simultaneamente em seis municípios de Rondônia neste fim de semana e resultou na prisão de 87 motoristas por embriaguez na direção, além do recolhimento de 106 veículos, 121 habilitações e mais a emissão de centenas de autos de infração e multas, segundo dados divulgados nesta segunda-feira (4), pelo governo do Estado. No total, foram fiscalizados 1.249 veículos em Porto Velho, Ariquemes, Jaru, Ji-Paraná, Vilhena e Rolim de Moura.

A ação, segundo o governo, envolveu diariamente 180 homens do setor de segurança no trânsito. Conforme o diretor-geral do Departamento Estadual de Trânsito de Rondônia (Detran), Neil Aldrin Faria Gonzaga, o controle e a contenção dessas ocorrências têm reflexos diretos em áreas sensíveis do governo como a saúde e a própria economia do Estado. A operação é uma das ações que integram o Planejamento Estratégico da autarquia para diminuição de acidentes e humanização do trânsito em todo Estado.

Segundo ele, o projeto da boa gestão no trânsito é uma orientação do governador Marcos Rocha, que vê nas ações integradas da Polícia Militar, Polícia Civil e Detran, um modelo basilar não só para a melhoria e fluidez do trânsito, mas também, e principalmente, como alternativa para diminuição do número de acidentes, eis que o resultado da Operação Lei Seca, por exemplo, reflete diretamente na demanda por atendimento e leitos nos hospitais e nos demais serviços de saúde, que têm custos muito elevados. A queda no número de acidentes gera ao mesmo tempo diminuição nas despesas do Estado.

Não é demais afirmar que, em vista do grande número de acidentes de trânsito, geralmente decorrentes de atos que poderiam ser evitados, como a embriaguez ao volante, que abarrotam os hospitais, o Estado deixa de fazer importantes investimentos em outras áreas como educação e infraestrutura, visto que se obriga a destinar esses recursos para atender e socorrer as vítimas de acidentes.

FONTE: RONDONIAGORA.COM

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.