Policial

Matador de Raissa aguarda julgamento preso, em Guajará Mirim

Criminoso estava solto, mas agrediu nova namorada e ameaçou outras pessoas. Por isso, foi decretada sua prisão preventiva

Assassino confesso da jovem Raissa Lopes de Souza Leno, de 15 anos, ocorrida há um ano e meio, quando a menina esperava o ônibus, Alexsandro Mendes Castelo Branco respondia pelo crime em liberdade, por decisão da Justiça. Mas como agrediu a atual namorada e ameaçou outras pessoas, a Justiça decretou sua prisão preventiva.

Ele foi recolhido ao presídio de Guajará Mirim, para aguardar o julgamento, que ocorrerá em Porto Velho, local do crime contra Raissa, ocorrido em 11 de setembro de 2012.

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com