Corpo de Bombeiros fazem operação para garantir segurança no carnaval no estado de Rondônia

Escrito por
Atualizado: Fevereiro 3, 2018

Segundo o capitão Mário Vergotti, da Diretoria de Atividades Técnicas (DAT), as vistorias serão intensificadas durante quatro dias, a partir da próxima terça-feira (6) até a sexta-feira (9).

Com a proximidade das festas carnavalescas, o Corpo de Bombeiros de Rondônia já tem operação prevista para fiscalizar e vistoriar locais de eventos para grandes públicos e trios elétricos em Porto Velho. Segundo o capitão Mário Vergotti, da Diretoria de Atividades Técnicas (DAT), as vistorias serão intensificadas durante quatro dias, a partir da próxima terça-feira (6) até a sexta-feira (9).

 

 

“Nós vamos fazer a vistoria fiscalizatória, independente de solicitação, porque quem está irregular não solicita o serviço. A nossa ideia é pegar justamente quem não se regularizou com as exigências de documentação e segurança nos locais, todos os locais que estão em nosso cadastro e as denúncias feitas para a DAT”.

 

 

No caso dos blocos, o capitão adianta que a equipe acompanha o calendário de eventos da prefeitura. “O calendário apresenta as datas e horários de saída de cada bloco, e com a documentação de cada organização em mãos, nossa equipe estará no local pré-determinado para realizar a fiscalização”. Para a regularização junto à DAT, é necessária a documentação pessoal, como RG e comprovante de residência do organizador responsável pelo evento, além de declarações sobre o evento, estruturas e estimativa de público.

 

 

Em blocos e festas com uso de trio elétrico é preciso apresentar o contrato e a liberação da autoridade policial de trânsito. “São avaliadas a liberação do Departamento de Trânsito, questões de segurança quanto à permanência de pessoas em cima do veículo, a altura do guarda-corpo, se tem extintor e se o equipamento está dentro da validade, proteção lateral das rodas, enfim, tudo que for pertinente à segurança dos foliões”, explica Vergotti.

 

 

Para os atrasados, que não procuraram a regularização quanto à entrada de documentação que deve ser apresentada na Diretoria de Atividades Técnicas, o capitão Vergotti alerta que, o prazo determinado pela legislação é de até 10 dias antes do dia do evento. “Quem procurar a DAT nesta sexta-feira (2) já terá a solicitação indeferida, porque já estará fora do prazo estipulado por lei. Temos nove blocos com a documentação em dia e já apresentada, que iremos vistoriar nos dias de operação, outros 17 locais de evento que também receberão a vistoria fiscalizatória, e ainda atenderemos às denúncias de suspeitas de irregularidades”, afirma.

 

 

Caso sejam detectadas irregularidades de grande risco, como a falta de saída de emergência, o local é interditado e o evento não pode ser realizado. “Quando encontramos situações que podem ser resolvidas de imediato, notificamos os organizadores e o problema deve ser solucionado no momento em que estamos no local. Caso contrário, interditamos”.

 

 

Na operação, além do efetivo completo da DAT de Porto Velho, com 30 homens, serão empregados também os 80 alunos que estão no curso de formação do Corpo de Bombeiros Militar. Para dúvidas sobre o processo de regularização e segurança em eventos carnavalescos, o telefone da DAT é 3216-5588 (seção de vistorias), com atendimento das 7h30 às 13h30.

FONTE: SECOM/RO

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *