Postura de Dodge de encaminhar atos de última hora provocou saia justa

Escrito por
Atualizado: setembro 21, 2019

Carlos Melo comenta últimos atos da ex-PGR, como o que considera inconstitucional decreto de armas 

Carlos Melo comenta os últimos atos da então procuradora-geral da República Raquel Dodge, que chamaram atenção e criaram certa desconfiança. Entre os atos que ela tomou no apagar das luzes, está o que considera inconstitucional o decreto do presidente Bolsonaro que flexibiliza o porte de armas. ‘Por que só no último dia? A gente fica com uma pulga atrás da orelha e pensa: será que isso não poderia ter sido feito antes?’. Ele pondera que, no mérito, as medidas são válidas, mas o momento pode não ter sido o ideal.

FONTE: CBN

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.