Noticias

Ministro Fachin abre inquérito para apurar compra de votos de Cunha

Relator da Lava Jato no STF atendeu pedido da PGR a partir de delação do ex-executivo Ricardo Saud, da holding J&F

O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal), autorizou a abertura de inquérito para investigar se houve compra de votos na eleição do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (MDB-RJ).

O relator atendeu a pedido da PGR (Procuradoria Geral da República) a partir da delação do ex-executivo da J&F (holding da família Batista, da JBS) Ricardo Saud.

A decisão de Fachin é do dia 12 de novembro (terça da semana passada). O processo deve ser encaminhado nesta segunda-feira (18) para a Presidência do STF para uma possível redistribuição (novo relator) e desmembramento.

FONTE: Record TV

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com