Anúncio de hidrelétrica já aumenta procura de casas em Machadinho D’Oeste

Escrito por
Atualizado: novembro 2, 2019

Desde que o presidente Jair Bolsonaro anunciou que está prestes a ser liberada a construção da Usina Hidrelétrica de Tabajara, em Machadinho D´Oeste (RO), a procura por imóveis tem aumentado consideravelmente no município localizado no Vale do Jamari. Loteamentos já estão sendo preparados para receber os investimentos imobiliários.

De acordo com as primeiras informações, o número de imóveis que vem sendo alugado na cidade é bem maior do que se costuma ver. Com aumento da procura, também aumenta o preço dos aluguéis. Aproveitando o preço e visualizando um crescimento da cidade num futuro breve, muitas pessoas estão preferindo comprar casas, terrenos e pequenas chácaras tanto na sede do município como no distrito de Tabajara, localizado na divisa com o Mato Grosso, local da obra.

Cidade pacata, em desenvolvimento, distante 150 quilômetros de Ariquemes pela RO 257 e 95 quilômetros de Jaru, pela RO 133, Machadinho D´Oeste deve receber um boom de investimento com a chegada de uma das maiores obras no estado. A expectativa é de que pelo menos 20 mil empregos diretos e indiretos sejam gerados pela obra, o que pode garantir trabalho e renda à população.

Assim como aconteceu em Porto Velho por ocasião das obras das usinas Santo Antônio e Girau a Usina de Tabajara deve atrair trabalhadores de todos os cantos do país, o que deve provocar além de uma grande demanda por imóveis para locação, maior movimento nos setores de comércio e servido do município.

Junto com o desenvolvimento proposto pela obra, entretanto, também vem os problemas. Com uma população estimada em pouco mais de 39 mil habitantes, a expectativa é de que esse número dobre no auge da obra, podendo chegar a 80 mil pessoas. Isso denotará uma demanda nos serviços públicos como saúde, energia, água, educação, assistência social, entre outros, o que pode provocar um colapso de atendimento, se não for feito um trabalho de prevenção.

A obra da Usina Tabajara é uma das mais esperadas no interior do estado de Rondônia. Em um cronograma de liberação que se arrasta deste a construção das barragens do Rio Madeira, o empreendimento pode ser a tábua de salvação de muitas famílias que vivem no município de Machadinho e arredores, como Vale do Anari, Theobroma, Jaru, Ariquemes, onde os empregos são escassos e grande parte dos moradores tem como principal renda os programas sociais como Bolsa Família.

 

FONTE: DIÁRIO DA AMAZÔNIA

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.