Mundo

Milhares são presos durante protestos contra o racismo nos EUA

Levantamento de agência de notícias aponta 4 mil detidos desde o início dos atos contra violência policial e o racismo após a morte de George Floyd

Milhares de pessoas foram presas desde o início dos protestos contra o racismo e a violência policial que tomaram conta das maiores cidades dos Estados Unidos após o assassinato de George Floyd, um homem negro sufocado por policiais brancos durante uma abordagem em Minneapolis, estado de Minnesota.

De acordo com levantamento divulgado pela agência Associated Press, 4.400 prisões e detenções foram realizadas em seis dias de manifestações. A cidade de Los Angeles, na Califórnia, registrou o maior número, com 931 presos. Em Nova York, foram 790 detidos. Já em Minneapolis, onde os protestos começaram, 155 pessoas foram presas.

Durante o fim de semana, os protestos se alastraram por quase todo o território dos EUA. De acordo com o jornal The New York Times, pelo menos 140 cidades registraram manifestações motivadas pela morte de George Floyd.

FONTE: R7.COM

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com