Google compra fabricante de drones desejada pelo Facebook

Escrito por
Atualizado: abril 14, 2014

O Google afirmou que irá comprar a Titan Aerospace, fabricante de veículos aéreos não tripulados, mais conhecidos como drones, com a intenção de disponibilizar acesso à Internet a mais partes do mundo, segundo o jornal “Wall Street Journal” publicou nesta segunda-feira (14).

A companhia de internet não revelou o preço de compra pela Titan, cujos drones movidos à luz solar são produzidos para voar por anos.

O Google bateu o Facebook, que estava negociando a compra da Titan por US$ 60 milhões. A empresa de Mark Zuckerberg anunciou seu projeto de levar internet a lugares inóspitos com drones e satélites que usarão uma tecnologia de transmissão de conexão de internet via raios infravermelho.

A rede social, porém, decidiu comprar por US$ 20 milhões a Ascenta, companhia aeroespacial do Reino Unido que também fabrica drones movidos à energia solar.

A Titan e seus quase 20 funcionários continuarão trabalhando no Novo México (EUA). O presidente Vern Raburn permanecerá no controle. Ele já passou pelas divisões de produtos de consumo da Symantec e da Microsoft.

No ano passado, o Google lançou uma pequena rede de balões sobre o hemisfério sul, iniciativa chamada de Projeto Loon, em um experimento para disponibilizar acesso confiável à Internet nas regiões mais remotas do mundo.

De acordo com o Google, a Titan trabalhará próxima ao Projeto Loon. Outra iniciativa da empresa, a Makani, que desenvolve uma turbina eólica para gerar energia de forma mais eficiente, poderá ser aproximada da companhia.

Segundo a Titan, seus drones serão capazes de coletar imagens em tempo real e em alta resolução da Terra, além de carregar outros sensores atmosféricos e fornecer serviços de voz e dados.

“Ainda é o princípio, mas os satélites poderiam levar o acesso à internet a milhões de pessoas e colaboraria na solução de outros problemas, incluindo o alívio de desastres e danos ambientais, como o desmatamento”, afirmou um porta-voz do Google.

Fonte:G1

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.