Ex-vice-presidente argentino é preso por suposta formação de quadrilha

Escrito por
Atualizado: novembro 3, 2017

O ex-vice-presidente da Argentina, Amado Boudou (2011-2015), foi detido nesta sexta-feira em Buenos Aires acusado de integrar uma quadrilha que cometeu lavagem de dinheiro quando era ministro de Economia.

Segundo informaram fontes judiciais à agência oficial Telam, o vice-presidente no governo de Cristina Kirchner foi detido junto com seu sócio José María Nuñez Carmona.

A detenção de Boudou ocorreu em sua casa, no bairro de Puerto Madero, em Buenos Aires, e foi feita por agentes da Prefeitura Naval Argentina por ordem do juiz Ariel Lijo.

Fonte: EBC

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *