Atirador de El Paso confessa ter mirado em mexicanos

Escrito por
Atualizado: agosto 10, 2019

Atentado aconteceu em um supermercado no Texas, na fronteira com o México no último sábado (3) e deixou 22 mortos, sendo 8 migrantes

O jovem acusado de ser o atirador no massacre de El Paso, que deixou 22 mortos no último sábado (3), confessou ao ser preso que mirou em mexicanos.

Entre os mortos, 8 são mexicanos.

A cidade de El Paso é perto da fronteira entre México e Estados Unidos, e diversas famílias cruzam a divisa para comprar mantimentos e itens de volta às aulas no supermercado em que o atentado aconteceu.

O jornal The Washington Post teve acesso ao depoimento do detetive do caso, Adrian Garcia. Segundo o policial, o jovem de 21 anos confessou ser o autor do tiroteio no momento da prisão e que usou uma arma AK-47. O depoimento ainda não é público.

A polícia já havia comentado antes que o tiroteio foi um crime de ódio e que acreditam que o atirador é autor de um documento publicado no fórum 8chan sobre a “invasão hispânica” no Texas. O caso vai ser tratado como terrorismo doméstico.

Para a CNN, três fontes disseram que o jovem escolheu a cidade de El Paso por ser longe de casa e por ter 83% dos habitantes sendo hispânicos ou latinos. Ele dirigiu 11 horas da cidade de Allen, onde morava, até o local do crime.

O jovem acreditava que se cometesse um ataque perto da sua casa, a família e conhecidos saberiam que ele foi o autor, disseram as fontes.

FONTE: R7.COM

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.