OURO PRETO DO OESTE: Solenidade marca formatura de Bombeiros Mirins lota as dependências do 2° Subgrupamento

Escrito por
Atualizado: dezembro 3, 2019

Foram formadas duas turmas dos projetos Resgatando Sonhos e Família e Cidadania

Familiares, amigos e convidados lotaram as dependências do 2° Subgrupamento do Corpo de Bombeiros Militar na Estância Turística de Ouro Preto do Oeste, na tarde desta ultima sexta-feira (29). Eles assistiram à solenidade de formatura dos Bombeiros Mirins dos projetos Resgatando Sonhos e Família e Cidadania. O evento também contou com a participação de diversas autoridades locais.

A solenidade foi marcada por muita emoção e homenagens prestadas aos bombeiros mirins. Três formandos foram destaque, sendo Évillen Ivy Zacarias Teixeira a primeira das duas turmas, João Vitor Mariano em segundo e Wender Keise F. Monteiro em terceiro lugar. Outros três foram graduados a cabo, sendo eles: Rodrigues de Souza, Vitor Emanuel Garcia Rosa e Gabriel Ferreira Buge.

Os formandos, em torno de 68 bombeiros mirins, fizeram parte de dois projetos. A 1ª turma do “Resgatando Sonhos”, com 42 integrantes, que contou com apoio do Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia, por intermédio da Vara Criminal de Ouro Preto do Oeste, através do juiz Rogério Montai de Lima juntamente com o promotor de Justiça Tiago Cadore. E a 9ª turma do projeto “Família e Cidadania”, com 26 componentes e foi uma parceria da Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS).

O patrono da 1ª turma do projeto “Resgatando Sonhos”, o juiz criminal Rogério Montai, foi ao evento vestido com uma camisa do Corpo de Bombeiros como forma de demonstrar total apoio e carinho à instituição. Conclamou para que todas as autoridades realmente vistam a camisa do Corpo de Bombeiros Mirim e, na ocasião, anunciou que já garantiu por meio do Poder Judiciário o custeio das turmas de 2020 e 2021.

“Quero parabenizar de coração o capitão BM Moacyr pelo excelente trabalho que vem realizando, mesmo sendo mais um daqueles trabalhos que muitas vezes seria mais cômodo que não tivesse, pois não há uma obrigação senão moral e funcional para que exista. E é tanto que não são todas as unidades do Corpo de Bombeiros que executam projetos como este, mas mesmo assim estamos firmes imbuídos nesse propósito”, destacou o juiz.

Os projetos também contam com a importante participação dos coordenadores, o sargento BM Fabrício Magnos de Cavalcante e a cabo BM Fernanda Araújo Bertolesa de Paula, que estão ligados diretamente com os alunos e que são os grandes responsáveis por passar grande parte dos ensinamentos através das diversas instruções, durante todo o transcorrer do curso.

O comandante do subgrupamento, capitão BM Moacyr de Paula Júnior, agradeceu aos pais, mães e responsáveis que confiaram no trabalho do Corpo de Bombeiros ao entregarem seus filhos aos cuidados dos militares. “Meu sentimento hoje eu resumo na palavra gratidão, a Deus por me proporcionar este momento de poder ter a oportunidade de ter convivido com estas maravilhosas crianças no decorrer do curso”, enalteceu.

“Na verdade, acaba sendo mais para nós um aprendizado do que ensinamento, porque cada instrução a cada dia com eles, a cada momento nosso, a gente também aprende e aprende muito mais do que ensinamos. A vocês, meus queridos, eu desejo todo sucesso do mundo, vocês são batalhadores, são verdadeiros guerreiros”, felicitou o capitão.

Para Moacyr, independentemente de qual profissão os formandos futuramente sigam, ele lembrou para que levem com eles todos os preceitos de tudo aquilo que aprenderam durante o curso, do primeiro dia até a formatura. “Moral, respeito, consideração, humanidade, isso é o que desejo para a vida de vocês. Inseminem isso por onde passarem, porque para nós vai ser uma grande vitória”, destacou.

O oficial agradeceu ao militares do 2° Subgrupameto, e ressaltou que sem os mesmos nada disto seria possível. Em especial, aos atuais e os coordenadores do curso que já passaram. Destacou também a pessoa do juiz Rogério Montai, que além de todo apoio e esforço por meio do Poder Judiciário, também se empenhou em muito para que essas crianças realizassem seus sonhos e se formassem Bombeiros Mirins.

Finalizando suas palavras o capitão citou parte de um poema de Fernando Pessoa – Tudo vale apena, quando a alma não é pequena – “Que sejamos senhores grandes nas nossas intenções, maiores ainda nas nossas ações e que possamos, imbuídos desta nossa missão de fazer o bem ao próximo, fazer com que se cumpra principalmente o que diz o próprio lema do Corpo de Bombeiros – Vidas alheias, riquezas a salvar”, disse.

Durante o evento, o comandante homenageou alguns dos convidados, entre eles o magistrado Rogério Montai, e alguns dos bombeiros mirins com um quadro de nós, feitos pelos próprios formandos durante o curso.

 

FONTE: GAZETA CENTRAL

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.