Proposta de reforma para os militares eleva a idade máxima para passar à reserva

Escrito por
Atualizado: março 20, 2019

Com o aumento de 30 para 35 anos no tempo mínimo de atividade militar exigido para passar à reserva — de acordo com a proposta apresentada pelo governo federal ao Congresso Nacional nesta quarta-feira, dia 20 — haverá um aumento da idade máxima para o militar ser transferido para a inatividade. Esse limite vai subir de acordo com o posto/graduação.

CONFIRA:

General do Exército

Idade limite atual – 66 anos

Idade limite proposta – 70 anos

General de Divisão

Idade limite atual – 64 anos

Idade limite proposta – 69 anos

General de Brigada

Idade limite atual – 62 anos

Idade limite proposta – 68 anos

Coronel

Idade limite atual – 59 anos

Idade limite proposta – 67 anos

Tenente-coronel

Idade limite atual – 59 anos

Idade limite proposta – 64 anos

Major

Idade limite atual – 52 anos

Idade limite proposta – 61 anos

Capitão e tenente

Idade limite atual – 48 anos

Idade limite proposta – 55 anos

Subtenente

Idade limite atual – 54 anos

Idade limite proposta – 63 anos

Primeiro-sargento

Idade limite atual – 52 anos

Idade limite proposta – 57 anos

Segundo-sargento

Idade limite atual – 50 anos

Idade limite proposta – 56 anos

Terceiro-sargento

Idade limite atual – 49 anos

Idade limite proposta – 55 anos

Cabo

Idade limite atual – 48 anos

Idade limite proposta – 54 anos

Soldado

Idade limite atual – 44 anos

Idade limite proposta – 50 anos

 

FONTE: EXTRA

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

2 Comentários

  1. tv ao vivo globo

    23 de março de 2019 at 1:26

    Eu cada vez costumava ler artigo nos jornais notcias mas agora como
    eu sou um usurio de internet assim a partir de agora eu estou usando
    a net para artigos , graas a web.

  2. Pedro Theo

    9 de abril de 2019 at 1:41

    No local com este write-up, Eu honestamente acreditar nisso este incrvel site precisa muito mais
    ateno. Eu provavelmente vou ser retornando ler mais, obrigado pelo conselhos!

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.