Geral

PF abre investigação sobre chefe da Secom por corrupção

A Polícia Federal abriu na última sexta-feira (31) uma investigação contra o chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência (Secom), Fabio Wajngarten.

O inquérito foi aberto depois que o Ministério Público Federal solicitou à Superintendência do órgão do Distrito Federal a abertura de um inquérito para apurar se Wajngarten cometeu os crimes de corrupção passiva e peculato (desvio de recursos públicos feito por para proveito pessoal ou alheio). As apurações ocorrerão em segredo de justiça.

investigação foi pedida com base em uma reportagem do jornal “Folha de S. Paulo” que revelou que a empresa da qual Wajngarten tem 95% da sociedade mantém contratos com emissoras de televisão e agências de publicidade que atendem o governo federal e recebem verba pública.

O presidente jair Bolsonaro chegou a afirmar não viu “nada de errado” no desempenho do chefe da Secom.  

 

FONTE: O GLOBO

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com