Geral

Ministro Toffoli suspende aval para PRF atuar em investigações

A decisão, que ainda vai para o plenário do Supremo, atende a ação movida por delegados da PF

A decisão de Toffoli atende a ação movida pela Associação Nacional dos Delegados da Polícia Federal, que contestou a participação da PRF nessas ações. Para a entidade, a atribuição de investigação é da polícia judiciária e inerente à PF, e ‘jamais da PRF, que se destina exclusivamente ao patrulhamento ostensivo das rodovias’. A decisão liminar de Toffoli ainda precisa ser referendada pelo plenário da Corte.

FONTE: CBN

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com