Governo passará a fiscalizar deputados na web

Escrito por
Atualizado: setembro 12, 2019

A tucanos, ministro Ramos disse que vai acompanhar deputados nas redes

O ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, afirmou nesta quarta-feira a deputados do PSDB que o governo passará a adotar uma “nova forma de acompanhamento” dos deputados da Câmara, a partir da fiscalização de suas redes sociais.

Na conversa, um almoço na casa do tucano Carlos Sampaio, Ramos também voltou a dizer que as votações também serão acompanhadas.

Segundo o ministro, o novo método será para evitar algo que acontecia quando assumiu o cargo: receber congressistas que, sem ele saber, votavam sem o governo ou atacavam Bolsonaro nas redes.

Ramos também pediu para que deputados não o cobrassem publicamente por emendas. Segundo três deputados presentes, o ministro solicitou que os deputados tivessem “cuidado ao perguntarem sobre a liberação no cafezinho da Câmara, porque acabam pautando a imprensa”.

O tom do general desagradou os tucanos.

Alguns se manifestaram dizendo que o governo deve bons resultados nas votações ao PSDB. Saíram achando que o almoço, que seria para aproximar o partido do governo, teve o efeito oposto.

Além de Ramos, estavam presentes Rodrigo Maia e os líderes do governo no Congresso, Joice Hasselmann, e da Câmara, Major Vitor Hugo.

FONTE: ÉPOCA

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.