Geral

Governo de Rondônia está omitindo mortes por coronavírus em Porto Velho, mostra atestado

Pelo menos uma morte provocada por coronavírus deixou de ser registrada em Porto Velho na última quinta-feira pelo governo do Estado, o que comprova que os dados estão sendo escondidos, e que essa ocultação pode ser usada para justificar a reabertura do comércio na capital.

Francisco das Chagas Souza Barrozo, 60 anos, morreu na quinta-feira às 11h34min da manhã do dia 9 de julho de 2020 (quinta-feira) conforme está explicitado em seu atestado de óbito. Os dados divulgados pelo governo dizem que nenhum óbito foi registrado em Porto Velho no dia 9.

Sequer a justificativa do secretário de Saúde, que “as mortes ocorridas no período da tarde são contabilizadas no dia seguinte” pode ser usado, porque Francisco das Chagas morreu antes do meio dia, conforme o atestado de óbito abaixo:

O governador anunciou que pretende editar um novo decreto nesta sexta-feira alterando a classificação de vários municípios. Porto Velho, por força de uma audiência judicial, voltou para a Fase 1 do isolamento restritivo.

A morte por coronavírus. que não foi registrada na última quinta-feira não foi o primeiro caso relatado por familiares.

FONTE: BLOG DO PAINEL / PAINEL POLITICO

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com