Geral

Ex-presidente Michel Temer é preso em São Paulo pela Operação Lava Jato

Mandados foram expedidos pelo juiz federal Marcelo Bretas, do RJ. Desde quarta-feira (20), a PF tentava rastrear Temer, sem ter sucesso.

O ex-presidente Michel Temer foi preso nesta quinta-feira, 21, pela Operação Lava Jato. A ordem de prisão é do juiz federal Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do Rio. Siga aqui os desdobramentos.

O ex-ministro Moreira Franco (Minas e Energia) tem mandado de prisão expedido contra ele. O ex-ministro Eliseu Padilha (Casa Civil) também é alvo da operação.

A operação de hoje é decorrente da Operação Radioatividade. A investigação tem como base as delações do empresário José Antunes Sobrinho, ligado à Engevix, e do corretor Lucio Funaro.

De acordo com a Polícia Federal, Sobrinho fala em seu acordo sobre “pagamentos indevidos que somam R$ 1,1 milhão, em 2014, solicitados por João Baptista Lima Filho e pelo ministro Moreira Franco, com anuência do Excelentíssimo Senhor Presidente da República Michel Temer, no contexto do contrato da AF Consult Brasil com a Eletronuclear”.

Os valores, segundo o delator, teriam sido depositados em conta corrente em nome da empresa PDA Projeto, que tem o coronel Lima, amigo de Temer, e sua esposa, Maria Rita Fratezi, por meio de um contrato simulado com a Alumi Publicidade.

 

FONTE: ESTADÃO CONTEÚDO

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com