Correios derrubam liminar e reajuste de preços de encomendas começa a valer em todo país

Escrito por
Atualizado: maio 16, 2018

Reajuste anual dos preços dos serviços de encomenda já entrou em vigor para todas as postagens

Os Correios conseguiram derrubar uma liminar na Justiça que impedia a aplicação do reajuste anual, anunciado pela estatal em março. A decisão foi do Tribunal Regional Federal da 3ª Região e suspendeu, na última sexta-feira, o pedido feito no mês de abril em processo proposto pela Associação Brasileira de Comercio Eletrônico (ABComm).

O reajuste anual dos preços dos serviços de encomenda já entrou em vigor para todas as postagens. A nova tabela voltou a vigorar no sábado, dia 12 de maio. De acordo com os Correios, o aumento dos preços tem amparo legal no instrumento jurídico celebrado entre os Correios e seus clientes.

Ainda segundo a empresa, o preço médio das tarifas para postagem de encomendas subiu 8%, nas capitais. Para as postagens à vista, em balcão, os Correios disponibilizam o sistema de cálculo de preços e prazos em seu portal, na internet, por meio do site da estatal.

Embora os Correios tenham divulgado reajuste médio de 8%, para entrega de mercadorias nas capitais, as lojas de e-commerce alegam que a correção seria de 29%, para todo país, e que poderia chegar a 51% dependendo das rotas e da localidade. O reajuste de preços é relativo aos serviços de encomenda (SEDEX e PAC).

Ainda no mês passado, os Correios já tinham conseguido reverter uma liminar do Mercado Livre para suspender o aumento no frete de encomendas transportadas. O Mercado Livre alegava que os Correios alteraram o contrato com a empresa de vendas pela internet unilateralmente, reajustaram os custos de frete acima da inflação e poderiam ocasionar dano aos negócios de e-commerce.

FONTE: Agência O Globo

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.