Caixa ‘rouba’ R$ 7 bi por ano do trabalhador com FGTS, Diz Rodrigo Maia

Escrito por
Atualizado: outubro 14, 2019

O presidente da Câmara defende que, se banco estatal não reduzir taxa de administração, governo abra espaço para que outras instituições financeiras possam fazer a gestão do dinheiro do fundo

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que R$ 7 bilhões do lucro anual da Caixa Econômica Federal são “roubados” do trabalhador por meio da taxa de administração do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

Em entrevista ao programa Poder em Foco, do SBT, na madrugada desta segunda-feira, 14, Maia criticou a taxa cobrada pelo banco estatal para administrar o fundo e defendeu que, caso essa taxa não seja reduzida, o governo abra espaço para que outras instituições financeiras sejam elegíveis para gerir o FGTS.

FONTE: ESTADÃO CONTEÚDO

 

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.