Extra

STF vai analisar afastamento de Chico Rodrigues na próxima quarta

Senador flagrado com dinheiro na cueca foi retirado do cargo por 90 dias por decisão do ministro Luis Roberto Barroso

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Luiz Fux, pautou para a próxima quarta-feira (21) o julgamento sobre o afastamento do senador Chico Rodrigues (DEM-RR), que escondeu dinheiro na cueca durante uma operação da PF (Polícia Federa) na última quarta-feira (14).

A determinação de Fux atende ao pedido do ministro Luis Roberto Barroso, autor da decisão monocrática que afastou o parlamentar pelo período de 90 dias.

Mesmo após a decisão do STF, o Senado ainda terá de decidir se mantém ou derruba a decisão do Supremo de afastar Chico Rodrigues.

Na decisão que ordenou o afastamento de Rodrigues, Barroso apontou a “gravidade concreta” do caso, que exige o afastamento para evitar que o parlamentar use o cargo para dificultar as investigações.

O senador, ex-vice-líder do governo no Congresso, é alvo da investigação que apura desvios de recursos públicos destinados ao combate à pandemia de covid-19, oriundos de emendas parlamentares. A CGU (Controladoria-Geral da União) aponta que as contratações suspeitas de irregularidades envolveriam aproximadamente R$ 20 milhões.

Ao todo, foram descobertos mais de R$ 100 mil na casa de Rodrigues, dos quais mais de R$ 30 mil estavam escondidos dentro da cueca do parlamentar.

FONTE: R7.COM

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com