Deputado Jesuíno Boabaid fiscaliza obras da ponte que liga RO a AC e ouve parecer técnico que descarta rachaduras

Escrito por
Atualizado: dezembro 16, 2017

O deputado Jesuíno Boabaid (PMN), presidente da Comissão Temporária Especial que apura o andamento das obras de construção da ponte que liga os estados de Rondônia e Acre sobre o Rio Madeira, região de ponta da Abunã esteve na quinta-feira (14), fiscalizando o canteiro de obras, onde conversou com uma equipe de engenheiros e representantes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) e técnicos da empresa responsável pelo empreendimento.

O objetivo da fiscalização de acordo com Jesuíno foi para apurar denúncias de possíveis rachaduras na laje que vai receber pavimentação asfáltica. Segundo parecer técnico dos  engenheiros, as rachaduras denunciadas são juntas de dilatação, também conhecidas como juntas de movimento criadas para absorver a variação volumétrica dos materiais, e também usadas para mitigar os efeitos da vibração e movimentações. Esse tipo de junta é bem comum e é usada em pontes, edifícios e ferrovias.

Segundo Boabaid a fiscalização é uma preocupação de toda comissão, pois se trata de uma obra de grade magnitude e quando concluída, liberada será importantíssima para ambos os estados. O parlamentar deixou claro que através das explicações passadas pelos técnicos e engenheiros a denúncia não se confirma, portanto as atividades da comissão no ano se encerram e voltam a ocorrer no ano seguinte com reuniões na Casa de Leis estadual.

No dia 4 de novembro uma comitiva composta por políticos do Acre, dentre eles o senador Gladson Camelli (PP), esteve no canteiro de obras e apurou a mesma situação. Ainda de acordo com os engenheiros, a obra da ponte tem previsão de entrega para o mês de outubro de 2018, faltando apenas as estruturas da rodovia que é de reponsabilidade do Dnit.

FONTE: ASSESSORIA

 

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *