Vasco perde para o Vitória e fica na beira da confusão no Brasileiro

Escrito por
Atualizado: setembro 10, 2018

Derrota por 1 a 0, neste domingo (9), foi a 4ª seguida do time cruzmaltino,que só não entrou na zona de rebaixamento devido aos critérios de desempate

Na noite deste domingo (9), o Vasco visitou o Vitória, em Salvador, com várias mexidas, mas não conseguiu evitar a quarta derrota seguida no Campeonato Brasileiro. O placar de 1 a 0, a favor da equipe baiana, deixa o Vasco fora da zona de rebaixamento pelos critérios de desempate, colocando todo o grupo e o técnico Alberto Valentim pressionados por mudanças urgentes.

UM NOVO VASCO?

Alberto Valentim surpreendeu na escalação titular. Barrou Yago Pikachu, artilheiro do Vasco em 2018 com 16 gols. Werley titular, Ramon também, estreia de Willian Maranhão, Andrés Rios e Maxi López juntos… Uma tentativa de um “novo” Vasco, que em três jogos com o treinador, perdeu todos.

NEM TANTO ASSIM…

As várias mexidas de Alberto Valentim ajudaram a melhorar o setor defensivo, mas piorou o ataque. A criação do Vasco foi praticamente nula na etapa inicial. Enquanto isto, o Vitória tentava arriscar, mas também sem muita efetividade, culminando em um jogo muito fraco.

MELHORA PÓS-INTERVALO

Depois de um primeiro tempo bastante ruim tecnicamente, a etapa final melhorou o nível da partida. O Vitória, aos sete, com Léo Ceará, mandou com perigo para fora. Yago Pikachu entrou no Vasco e deu a criação que faltara antes do intervalo, tanto que aos 20 o meia cruz-maltino acertou a trave e depois obrigou Ronaldo a fazer uma grande defesa.

COCHILO E GOL!

Aos 27 minutos, a defesa do Vasco falhou sistematicamente e o Vitória, atento, aproveitou. Léo Gomes achou Erick, que ficou cara a cara com o goleiro Martin Silva e não teve trabalho para colocar a equipe baiana na frente do placar, 1 a 0.

CONFUSÃO E VERMELHOS!

Logo após o gol do Vitória, uma confusão entre Lucas Ribeiro, do Vitória, e Yago Pikachu, do Vasco, fez o árbitro Paulo Roberto Alves Junior aplicar cartão vermelho a ambos. O meia cruz-maltino ficou revoltado com a situação, tendo que ser contido pelos companheiros. Até o fim, o Vasco ainda teve chance com Marrony, mas a sorte não prosperou. Vitória vence e o Vasco fica na confusão, que parece estar longe de seu fim.

FICHA TÉCNICA
VITÓRIA 1 X 0 VASCO

Estádio: Barradão, em Salvador (BA)
Data-hora: 9/9/2018 – 19h (de Brasília)
​​Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Luciano Roggenbaum (PR)
Renda/público: R$ 96.348,00/3.882 pagantes
Cartões amarelos: Ramon, Erick, Léo Gomes e Lucas Fernandes (VIT) e Leandro Desábato (VAS)
Cartões vermelhos: Lucas Ribeiro (VIT) e Yago Pikachu (VAS)

GOL: Erick 27’/2ºT (1-0)

VITÓRIA: Ronaldo, Jeferson, Ramon, Lucas Ribeiro e Fabiano; Rodrigo Andrade (Lucas Fernandes 33’/2ºT), Léo Gomes e Marcelo Meli; Neilton (André Lima 21’/2ºT), Erick e Léo Ceará (Aderllan 33’/2ºT). Técnico: Paulo César Carpegiani.

VASCO: Martin Silva, Lenon, Luiz Gustavo, Werley e Ramon; Leandro Desábato (Marrony 36’/2ºT), Raul, Willian Maranhão (Kelvin 37’/2ºT) e Wagner (Yago Pikachu 6’/2ºT); Andrés Ríos e Maxi López. Técnico: Alberto Valentim.

FONTE: LANCE

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.