Esporte

São Paulo tem R$ 43 mi para receber de jogadores já vendidos

Balanço financeiro do clube detalhou situação de atletas já negociados pelo clube, mas que ainda renderão uma boa quantia em dinheiro para a equipe

Segundo consta no balanço financeiro de 2019 do São Paulo, há um valor significativo a receber de clubes estrangeiros, tanto por direitos econômicos e federativos, quanto pelo mecanismo de solidariedade da Fifa. Ao todo, R$ 43,273 milhões podem entrar nos cofres tricolores em breve. Veja a lista de devedores e os respectivos jogadores envolvidos:

O Torino-ITA deve R$ 63 mil ao São Paulo, clube formador de Bremer, referentes ao mecanismos de solidariedade da Fifa, após comprar o zagueiro junto ao Atlético-MG, em julho de 2018

O Bolívar-BOL tem a pagar R$ 101 mil ao São Paulo por conta do empréstimo do meia-atacante Thomaz em janeiro de 2019

O Nantes-FRA deve R$ 169 mil ao São Paulo, que é o clube formador do meia Lucas Evangelista, pelo mecanismo de solidariedade da Fifa referente à compra do jogador junto à Udinese

O Ascoli-ITA ainda deve R$ 906 mil ao São Paulo por conta da compra de Miguel Alcântara em setembro do ano passado

O Tottenham-ING ainda deve R$ 2,340 milhões ao São Paulo referentes ao mecanismo de solidariedade da Fifa em decorrência da compra de Lucas Moura, formado pelo Tricolor, junto ao PSG, em janeiro de 2018

O Porto-POR ainda deve R$ 3,462 milhões ao São Paulo por conta da compra de Éder Militão em julho de 2018

O Portimonense-POR ainda deve R$ 4,529 milhões ao São Paulo pela compra de Lucas Fernandes em agosto de 2019

O Porto-POR ainda deve R$ 13,587 milhões ao São Paulo pela compra de Inácio, em julho de 2016

O River Plate-ARG ainda deve R$ 18,116 milhões ao São Paulo pela compra do atacante Lucas Pratto, em janeiro de 2018

 

FONTE: LANCE

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com