Rodriguinho pode voltar ao Corinthians

Escrito por
Atualizado: setembro 13, 2019

Meia jogou no Timão de 2013 até 2018 e já teria aceitado diminuir o salário para voltar ao clube em que foi bicampeão Brasileiro e Paulista

O começo de trabalho com resultados catastróficos de Rogério Ceni no Cruzeiro abre espaço para o que pode ser uma verdadeira debandada da Toca da Raposa. Thiago Neves, Fred e outros líderes da equipe são contestados e podem deixar o clube mineiro.

Com o caminho aberto para mudanças, quem pode puxar a fila é o meia Rodriguinho. Ele se recupera de uma cirurgia na região lombar e tem contrato com o time mineiro por mais duas temporadas, porém não esconde de amigos próximos o desejo de retornar ao Corinthians.

Ele já teria inclusive conversado com a alta cúpula corintiana e chegado a um acordo para regressar a Itaquera em 2020. Rodriguinho recebe um salário altíssimo em Minas Gerais, mas estaria disposto a reduzir drasticamente os vencimentos e entrar no teto salarial do clube paulista.

Ele já teria inclusive conversado com a alta cúpula corintiana e chegado a um acordo para regressar a Itaquera em 2020. Rodriguinho recebe um salário altíssimo em Minas Gerais, mas estaria disposto a reduzir drasticamente os vencimentos e entrar no teto salarial do clube paulista.

O meia foi bicampeão Paulista (2017 e 2018) e Brasileiro (2015 e 2017). Ele tem 175 jogos com a camisa do Corinthians e fez 35 gols.

R7 entrou em contato com o clube, que negou existir conversas entre Corinthians e Rodriguinho.

Além do antigo ídolo, Thiago Neves é um antigo sonho do Corinthians. O próprio Andrés Sanchez, presidente do Timão, ja disse ano passado ter apalavrado a vinda do jogador.

As mudanças podem acontecer em um momento de muita turbulência no Cruzeiro. A chegada de Rogério Ceni não surtiu ainda o efeito esperado pela diretoria. O único bom momento do treinador foi a vitória sobre o Santos no primeiro jogo dele.

Depois, a eliminação humilhante para o Internacional na Copa do Brasil, com direito a fortes criticas de um dos principais jogadores do time. Sem entender o motivo de improvisações na escalação em um jogo decisivo, Thiago Neves explodiu nos microfones após a partida.

O segundo desastre do treinador foi a acachapante goleada em casa, por 4 a 1, para o Grêmio. Um resultado que revoltou Rogério Ceni, ue na entrevista coletiva disse que muita coisa teria que mudar para que ele continuasse no time mineiro.

 

FONTE: Record TV

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.