Esporte

Pra mim a inocência e inviabilidade do afastamento da deputada Ana da 8 é como somar 2+2

felipe veras

Meus caros leitores,

O título do artigo até parece absurdo levando em conta o analfabetismo político de nosso país, tal que não permite separação entre um político e outro pelo erro de alguns colocando todos na mesma vala comum, mas vamos analisar:

Generalização é burra, já dizia Nietsche

Médicos, existem médicos corruptos, assim como também existem os incorruptíveis, o que nos impede de acreditar na existência de tal mitológico ser chamado “Político honesto” pela nossa sociedade? Devemos condenar todos os médicos pelos erros de outrem? Devemos no mínimo dar mérito aos médicos que salvam uma vida, não atribuir isso a um ser divino de existência improvável, pois existem mais provas da existência de um político honesto que a do próprio “Deus”.

Seu raciocínio descontinuado o impede de pensar

Ora bolas, parem para pensar, exercitem seus neurônios, você meu caro amigo, em consideração a você mesmo. Pagávamos em suor bruto o salário de Ana Lucia Dermani, ela foi afastada, outro assumiu o lugar, mas agora pagamos 2 ao envés de um, mesmo assim o mesmo povo que acha que ela deve estar fora concorda com a honestidade de quem assumiu seu lugar?

Bom, para a esmagadora maioria, quem está no lugar dela é farinha do mesmo saco, interessantíssimo é que a vontade de ter alguém na fogueira mesmo que represente ônus a todo cidadão rondoniense é tanta que conseguem ignorar a comprovação da falsidade dos documentos que segundo o próprio tabelião e laudo da polícia federal, nem mesmo a assinatura confere.

“Jamais vendi meu mandato a quem quer que seja. O suposto Termo de Compromisso que foi registrado em cartório é montagem, segundo um laudo da Polícia Federal. O laudo indicou que o documento forjado através de colagem, montagem e decalcagem de assinaturas. Até minha assinatura nesse cartório não confere com a que está neste documento, conforme depoimento do próprio Tabelião”

A partir de tal primícia já podemos confirmar falsa a acusação de venda de mandato já que o documento que comprovava isso sensacionalisou a mídia, deixou uma mancha inapagável e na minha opinião, digna de retratação por cada veículo que divulgou o documento como verídico, levando em conta que mesmo a mídia “manipulada” e comprada de Rondônia deve sim cumprir as leis do jornalismo.

Inviabilidade do julgamento, o TJ não pode destituir ninguém de cargos políticos!

Pelo visto ela está sendo condenada por ser suspeita de coisas que supostamente cometeu, crimes eleitorais devem ser julgados pelo TRE, não pelo TJ, sendo o TJ fora da jurisdição de afastar do cargo público a deputada, já que ele pode julgar crimes eleitorais, alguém pode me responder PRA QUE DIABOS SERVE O TRE SENÃO PARA JULGAR CRIMES ELEITORAIS?! Será só mais um cabide de empregos assim como vejo que é o tribunal de contas? Se os crimes foram cometidos como pessoa física, sim, o TJ deve julgar, mas se sentenças respingam em decisões que cabem ao TRE por se tratarem de ELEIÇÃO, ou estou louco ou o TJ não pode afastar Ana da 8.

Já que o TJ pode estabelecer sentenças cabidas ao TRE, vejam só a fundamentação de um especialista que reitera minhas indagações sobre o TJ julgar crimes eleitorais:

“Entretanto, a admitir-se a tese que ora rejeito, um juiz de primeiro grau poderá destituir do cargo um Ministro do Supremo Tribunal Federal e impor-lhe pena de inabilitação para outra função por até dez anos. Vê-se que se está diante de solução que é incompatível com o sistema.”

Se admitirmos que a sentença é válida, admitimos que qualquer juiz do TJ de Rondônia pode considerar destituição do cargo de Joaquim Barbosa, do Supremo se assim considerar necessário.

A Armação citada por Ana é óbvia e ululante!

Numa pesquisa rápida , pego o primeiro link sobre uma fonte confiável, o “Fantástico”, que não pode se dar ao luxo de errar teses e encontro este link: Clique aqui, se lerem a matéria, em nada remete destaque à deputada (Pra mim ainda é deputada pois é quem merece lá estar), o título da matéria é extremamente pretensioso e de forma óbvia mostra que é feito para atacar a deputada, que não é a figura carimbada da matéria, creio eu que quando o suposto blog/jornal que postou a matéria afirmando que ela vendeu o mandato, cabe a ele PROVAR o que redigiu e conceder direito de resposta se assim solicitado, se necessário deve ser processado por calúnia e difamação, pois só pode afirmar quem tem concretas provas.

CADÊ AS PROVAS?

Para se fazer uma condenação, é necessário que existam provas, se estas foram invalidadas e comprovadas suas inveracidades primordiais, por que a sentença ainda está sendo executada? O TJ deveria se retratar, mas a lógica deles na minha opinião é como a do antigo testamento, que prevê matar o mundo inteiro por via de afogamento diluviano para o tornar menos violento. Não estou defendendo-a, estou apenas indagando o porquê de estarem havendo condenações sem com as devidas provas cabais para elas já invalidadas.

Coloquem ela pra trabalhar!

Dados os fatos, todo mundo adoraria receber salário de deputado e ficar “Afastado”, coisa que considero um feriado, receber o mesmo salário e ficar trabalhando em prol de reconquistar o direito de trabalhar pelo que recebe.

Conclusão? EEEEITA POVO OTÁRIO!

Você não está vendo? Quem paga dois por um agora é você! Se você acha que “mereceu” a sentença está redondamente enganado, pois o salário está na conta todo mês, o mais provável é que ela foi afastada por lutar pelo seu direito com um PL e os grandes não gostaram de sofrer ônus com isso, pra eles o povo não pode ganhar sequer uma, você mexe com interesses de alguns e uma rede, grupo inteiro te chuta, te tira o cargo, ou você vê quem são os envolvidos, analisa a chega a uma conclusão ou fica aí quietinho pagando o salário dos dois, creio eu que quem merece estar ganhando salário é quem foi devidamente eleito segundo as apurações nas urnas, pelo visto seu direito está sendo currado e você fica olhando, pagando o ônus e mesmo assim continua sem fazer nada, vendo a globo e acreditando e qualquer um sem verificar nenhuma procedência, acredita só porque falaram.

Enfim, adoraria ter respondidas metade das questões acima citadas, seria de bom tamanho, e nem preciso comentar que NEM DE LONGE foi iniciativa do povo aqueles milhares gastos em panfletagem, camisetas e revistas reivindicando a cassação da deputada, de fato alguém queria o cargo e haviam interesses a defender, tal beneficiário jamais é citado em nenhuma matéria sobre afastamento da deputada e não é aqui que vou citar.

Se estou recebendo para produzir este texto? Primeiro pergunto se alguém em sã consciência discorda do texto, segundo, adoraria sim estar recebendo por ele mas não estou, terei que gratificar-me em saber que você, caro leitor, leu até aqui e se informou.

Felipe Veras C. – Folha Rondoniense

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
google.com, pub-7782545053471182, RESELLER, f08c47fec0942fa0 #adxnobeta google.com, pub-6305837203541982, RESELLER, f08c47fec0942fa0 #adsensenobeta advertising.com, 27019, RESELLER #VerizonVideonobeta adtech.com, 11471, RESELLER #VerizonDisplaynobeta rubiconproject.com, 20572, DIRECT, 0bfd66d529a55807 #rubiconnobeta rtbhouse.com, TDT9X1pgz7VI2ogjzQLQ, RESELLER #RTBHousenobeta criteo.com, 167147, DIRECT #Criteonobeta vdopia.com, 15003, DIRECT, 49a66ce31a704197 #video nobeta chocolateplatform.com, 15003, DIRECT, 49a66ce31a704197 #video nobeta vdopia.com, 15003, DIRECT, 49a66ce31a704197 #banner nobeta chocolateplatform.com, 15003, DIRECT, 49a66ce31a704197 #banner nobeta appnexus.com, 3153, RESELLER, f5ab79cb980f11d1 #nobeta152media appnexus.com, 10478, RESELLER, f5ab79cb980f11d1 #nobetaFI

BAIXE NOSSO APLICATIVO

TEMPO REAL

EM LINHAS GERAIS

TEIA DIGITAL

RESENHA POLÍTICA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PARCEIROS

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com