Esporte

Inter vence a Chapecoense e se distancia do Z4 do Brasileirão

Vitória tranquila, que veio com gols de Lucca, Rodrigo Moledo e Patrick, leva o Colorado aos oito pontos, deixando a equipe longe da zona de rebaixamento

O Internacional venceu a Chapecoense por 3 a 0, nesta segunda-feira (21), no Beira-Rio, no jogo que fechou a 6ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A vitória tranquila, que veio com gols de Lucca, Rodrigo Moledo e Patrick, leva o Colorado aos oito pontos, distanciando a equipe da zona de rebaixamento do Brasileirão.

A Chape, por sua vez, segue com seis pontos e está na 16ª colocação.

Na próxima rodada, o Internacional encara o Corinthians, em Porto Alegre. Enquanto a Chapecoense visita o Fluminense, no Maracanã.

O jogo

O retrato do jogo no Beira-Rio era uma cópia do Gre-Nal da rodada passada, mas com papeis invertidos. Enquanto o Internacional buscava o ataque, a Chapecoense fechava os espaços e colocava velocidade nos contra-ataques.

Com dificuldade na criação, o Colorado pouco fazia dentro de campo. Quando conseguia passar pela defesa catarinense, o Inter parava no goleiro Jandrei.

A melhor chance da etapa inicial foi criada pela Chape. Em rápido contra-ataque, Canteros tocou para Arthur, que limpou a marcação e bateu forte. A bola carimbou a trave de Danilo e saiu pela linha de fundo.

A resposta do Inter veio com Patrick. Por duas vezes, o meio-campista teve a chance de abrir o placar, mas pecou na finalização. Na primeira, ele soltou a bomba da grande área e assustou Jandrei. Na segunda, ele aproveitou a sobra do goleiro e chutou em cima de Luiz Otávio.

Quando o duelo se encaminhava para terminar empatado na etapa inicial, o gol Colorado saiu. Após levantamento, Leandro Damião evitou a saída da bola e achou Edenílson. O volante ajeitou de peito e Lucca bateu sem chances para Jandrei, 1 a 0.

Nos 45 minutos finais o duelo começou morno. As duas equipes brigavam muito no meio de campo e quase nenhuma chance era criada. Como no chão era difícil de achar espaço, o Inter apostou na bola aérea para matar o jogo.

Lucca bateu falta e Rodrigo Moledo, em posição irregular, cabeceou para o fundo das redes, 2 a 0.

No prejuízo, Gilson Kleina mexeu na Chapecoense e tentou colocar o time no ataque. A chance até surgiu, porém Bruno Silva errou no passe e Wellington Paulista, livre na pequena área, viu a bola passar por ele e morrer no pé da zaga gaúcha.

Nos minutos finais deu tempo do terceiro gol. Rossi fez jogada pela direita e cruzou na cabeça de Patrick. O meia cabeceou e encobriu o goleiro Jandrei, 3 a 0.

Ficha técnica

INTERNACIONAL 3 X 0 CHAPECOENSE

Local: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)

Data-Hora: 21/5/2018 – 20h00

Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)

Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (SP) Alex Ang Ribeiro (SP)

Público/renda: pagantes/R$

Cartões amarelos: Victor Cuesta (INT), Bruno Pacheco, Wellington Paulista (CHA)

Cartões vermelhos: –

Gols: Lucca (38’/1ºT) Rodrigo Moledo (15’/2ºT) Patrick (38’/2ºT)

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Zeca, Moledo, Victor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenílson (Juan Alano, aos 20/2ºT) e Patrick; William Pottker (Rossi, aos 29/2ºT), Lucca e Leandro Damião (Nico López, aos 37/2ºT). Técnico: Odair Hellmann.

CHAPECOENSE: Jandrei; Apodi, Luiz Otávio, Douglas e Bruno Pacheco; Amaral, Marcio Araújo e Canteros (Nenén, aos 30/2ºT); Guilherme (Bruno Silva, aos 17/2ºT), Arthur (Leandro Pereira, aos 25/2ºT) e Wellington Paulista. Técnico: Gilson Kleina.

FONTE: LANCE

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com