Esporte

Guerrero brilha, Inter volta a bater Cruzeiro e fará final com o Athletico

Após ganhar o jogo de ida, em Belo Horizonte, equipe gaúcha supera mineiros também em Porto Alegre e se garante na decisão da Copa do Brasil em 2019

A Copa do Brasil será decidida entre Athletico-PR e Internacional. Após o time paranaense eliminar o Grêmio nos pênaltis mais cedo, a equipe vermelha do Rio Grande do Sul não vacilou e, com nova vitória, dessa vez por 3 a 0, despachou o bicampeão Cruzeiro.

A decisão se inicia já na próxima quarta-feira, dia 11. A finalíssima está marcada para o próximo dia 18. Os mandos de campo ainda serão sorteados pela CBF.

O jogo

A desvantagem no placar agregado fez o Cruzeiro ir para cima desde o início e com menos de cinco minutos de jogo, duas grandes chances já haviam sido criadas. Na primeira delas, Pedro Rocha recebeu pela direita e finalizou rasteiro, exigindo grande intervenção de Marcelo Lomba. No rebote, David chutou para fora. No lance seguinte, Marquinhos Gabriel bateu falta na cabeça de Dedé, que mandou por cima da trave.

Não demorou para o Inter reagir, com chute de Nico López passando perto do gol de Fábio. Aos 15, o zagueirão Cuesta mostrou habilidade ao driblar um marcador e bater de canhota, em bola que quase surpreendeu o goleiro.

E quando parecia que a partida daria uma baixada na temperatura, saiu o gol. D’Alessandro recebeu pela direita e cruzou na cabeça de Guerrero, que apenas completou para o fundo das redes, deixando o Inter muito perto da grande final.

Na volta para a segunda etapa, o Cruzeiro era quem tinha que atacar, mas foi o Inter que quase marcou novamente aos 8, em chute de Patrick e aos 9, com Nico López. Aos 14, foi Guerrero quem teve a chance de ampliar, mas o peruano acabou perdendo na velocidade para Fabrício Bruno.

Na próxima chance que teve, porém, Guerrero não perdoou. Nico López recebeu na área e, com muita habilidade, encontrou o camisa 9, que matou no peito e finalizou no ângulo, marcando um golaço.

Nico López recebeu na área e, com muita habilidade, encontrou o camisa 9, que matou no peito e finalizou no ângulo, marcando um golaço.

Praticamente garantido na final, o Inter ainda pressionou e quase chegou ao terceiro gol na sequência. Aos 27, Nico López bateu por cima do gol. Aos 32, foi Patrick quem arriscou, com a bola indo rente à trave de Fábio.

E a confirmação da vaga veio aos 45. Edenílson recebeu belo lançamento de Cuesta e finalizou com categoria, por cima de Fábio, para fechar o placar em 3 a 0.

INTERNACIONAL 3 X 0 CRUZEIRO
​Estádio: Beira Rio- Porto Alegre (RS)
Data-hora: 4 de setembro de 2019, às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Alessandro Álvaro Rocha de Matos(BA) e Fabricio Vilarinho da Silva(GO)

Gols: Guerrero, aos 39’-1ºT(1-0), Guerrero, aos 24’-2ºT(2-0), Edenílson, aos 43’-2ºT(3-0)

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Bruno, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Uendel(Sarrafiore, aos 46’-2ºT); Rodrigo Lindoso, Edenílson, Patrick, D’Alessandro(Rafael Sóbis, aos 31’-2ºT) e Nico López(Nonato, aos 41’-2ºT); Paolo Guerrero.​ Técnico: Odair Hellmann

CRUZEIRO: Fábio; Jadson; Dedé(Ariel Cabral- intervalo), Fabrício Bruno Léo e Dodô; Henrique e Robinho(Éderson, aos 30’-2ºT); Marquinhos Gabriel, Thiago Neves, David e Pedro Rocha(Fred, aos 15’-2ºT). Técnico: Rogério Ceni

 

FONTE: R7.COM

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com