Esporte

Flamengo entra no duelo com o Corinthians por Renato Augusto

Flamengo tem dinheiro e apela para a ligação umbilical do meia com a Gávea. Se os chineses quiserem emprestá-lo, será difícil para o Corinthians

Infelizmente, a epidemia do coronavírus só cresce. São mais de 77 mil casos confiirmados na China. A doença se espalha agora pela Europa.

Jogos do Campeonato Italiano estão sendo disputados sem público.

Os dirigentes chineses foram obrigados por governantes da uma atitude mais radical. O campeonato nacional foi suspenso. Sem data para voltar.

Há chance que a Copa da Ásia também siga o mesmo caminho.

As grandes estrelas que atuam por lá já pensam em jogar em outro continente. Seguir com sua carreira.

No Brasil, não é segredo que a cúpula do Palmeiras já conversou com Hulk.

Paulinho treina no Corinthians.

Andrés Sanchez também tinha mantido contatos com Renato Augusto.

A esperança do dirigente é que o BMG aceitasse bancar os salários milionários da dupla.

Andrés estava tranquilo.

Até que recebeu ontem a notícia.

Chegou um rival poderosíssimo por Renato Augusto.

O Flamengo.

O vice Marcos Braz não se constrangeu ao encontrar o jogador em um camarote da Sapucaí, no desfile das escolas de samba do Rio de Janeiro, no domingo.

O encontro foi filmado.

Ao contrário de Paulinho, que recebe R$ 5,4 milhões por mês, do Guangzhou Evergrande, Renato Augusto ganha R$ 2 milhões do  Beinjing Goan.

Braz e a diretoria do Flamengo não consideram impossível bancar os salários do meio-campista. Sem intermediários, sem depender de patrocinador nenhum.

Seria um reforço espetacular para o clube na sua luta pela hegemonia das América do Sul.

Renato Augusto nasceu no futebol no Flamengo.

É apaixonado pelo clube.

Sua ligação com o Corinthians também é forte.

Mas ainda não há compromisso algum firmado com os dirigentes.

Ele sabe o quanto é desejado.

E agora também pelo campeão da Libertadores.

A previsão de arrecadação dp Flamengo em 2020 é de mais de R$ 650 milhões.

O Corinthians tem sérios problemas orçamentários.

Paulinho, que vem treinando com o elenco de Tiago Nunes, se não puder voltar a jogar na China, leva a sério a possibilidade de voltar ao Corinthians.

Renato Augusto não tem a mesma convicção.

Ainda mais com a possibilidade de voltar para o clube que o lançou no futebol, aos 32 anos.

A chance é real.

Segue ainda dependendo da epidemia do coronavírus.

O Flamengo quer a volta de mais talento.

E tem dinheiro de sobra para mais essa contratação.

A situação complicou para o Corinthians…

FONTE: R7.COM

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com