Esporte

Artilharia e posição definida: Daniel Alves é ‘o cara’ do São Paulo

Camisa 10 tem mostrado o quanto sua qualidade técnica acima da média tem feito a diferença dentro e fora de campo, até mesmo com gols marcados

Se ainda havia alguma dúvida sobre a posição que Daniel Alves deveria exercer no São Paulo, a temporada 2020 tem sacramentado a resposta de forma definitiva: ele é meio-campista. Com mais dois gols marcados, o camisa 10 dispara na artilharia do time no ano e mostra que sua qualidade técnica acima da média pode fazer a diferença em momentos que precisa desequilibrar.

O capitão da seleção brasileira é, com larga vantagem, o jogador do Paulistão que mais acerta passes após sete rodadas completadas. São, ao todo, 563 acertos em sete jogos, média de 80,4 por partida, ou seja, o jogo do Tricolor passa pelos pés do craque, que também procura estar em todas as partes do gramado, mesmo que seu setor seja o meio-campo.

“Eu acho que ele está consolidado dentro do time, eu posso usá-lo em outras posições, como ele terminou na lateral, mas ele se encontra muito bem na posição que ele está jogando, ele foi ganhando a consciência tática daquilo que eu pretendo, ele é o cara que mais pega na bola no time, provavelmente é o cara que mais pega na bola no campeonato, então é um jogador muito criativo”, declarou o técnico Fernando Diniz em coletiva.

Como jogador decisivo e mais perto do gol adversário, ele passou a ter também uma faceta goleadora. Até aqui são quatro tentos no Paulistão, os dois últimos diante do Oeste, na goleada por 4 a 0, no último sábado. Foi apenas a segunda vez em sua carreira que conseguiu balançar a rede duas vezes na mesma partida. A primeira foi em 2006, ainda pelo Sevilla, quando ajudou na goleada por 4 a 0 sobre o Grasshoppers-SUI, pela Liga Europa, há mais de 13 anos.

E não é só a liderança na artilheira do elenco em 2020 que dá importância a Dani Alves, ele também exerce a função de líder em outros quesitos, com seu espírito vencedor, sua entrega em treinamentos e jogos, e na contribuição com o dia a dia dos companheiros de equipe, como disse Diniz após a goleada na Arena Barueri. Para o treinador, o São Paulo ganhou demais com o camisa 10.

“Mais do que isso (importância dentro de campo), é nossa principal liderança, o que esse cara ajuda, que vocês não tem conhecimento, é uma enormidade, sempre falei isso. Então é um grande acerto a vinda do Daniel para o São Paulo”, concluiu o comandante são-paulino no último sábado.

Como se não bastasse ser o jogador que mais toca na bola no campeonato, um dos que mais cria chances para os companheiros, ele também é o segundo que mais acerta desarmes na competição. Até aqui são 23 em 23 tentado, ou seja, 100% de aproveitamento. Apenas dois atrás de Alison, do Santos, líder no quesito. Como disse Diniz, Daniel está consolidado no time, em todos os setores, jogando no meio, mas participando de todo o jogo.

O São Paulo folga neste domingo e na próxima segunda, e se reapresenta na terça-feira, no período da tarde, para iniciar a preparação para enfrentar a Ponte Preta, no próximo domingo, às 16h, no Morumbi, pela oitava rodada da fase de grupos do Paulistão-2020. O Tricolor agora é líder do Grupo C da competição com 12 pontos, dois à frente do Mirassol, segundo colocado.

FONTE: LANCE

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com