Cultura

Obras de arte do concurso Rondônia e suas Belezas Naturais continuam em exposição na Casa de Cultura, em Porto Velho

A população pode conferir as obras dos estudante gratuitamente na Casa de Cultura, que fica aberta de segunda e sábado

As obras de arte do concurso “Rondônia e suas Belezas Naturais”, que revelou talentos artísticos de 13 estudantes das escolas estaduais de Rondônia, em 2019, continuam em exposição na Casa de Cultura Ivan Marrocos, em Porto Velho.

As peças retrataram as diversas regiões turísticas do Estado, como o Vale do Apertado em Pimenta Bueno, as margens do Rio Guaporé em Costa Marques, e a Cachoeira do Ratunde, na Linha P.28, em Alto Alegre dos Parecis, estão descritas em pinturas que revelam a sensibilidade artística dos estudantes.

O acervo está sob a responsabilidade da Secretaria de Estado da Educação de Rondônia (Seduc), e ficará em exposição na Casa de Cultura até o próximo dia 30 de janeiro, com entrada gratuita para apreciação da população.

De acordo com o secretário da Seduc, professor Suamy Vivecananda Lacerda de Abreu, o concurso é fruto da parceria com a Superintendência Estadual de Turismo (Setur) e Assembleia Legislativa. “Este é um projeto muito importante, pois incentiva os estudantes no desenvolvimento dos seus talentos, valoriza a educação e leva o conhecimento de uma forma interativa e artística com os alunos”.

O secretário pontuou, ainda, que o governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, está empenhado em apoiar projetos que revelem talentos no universo da rede estadual de educação em benefício da melhor qualidade educacional dos estudantes.

A Casa de Cultura Ivan Marrocos está na Avenida Carlos Gomes, no centro de Porto Velho, capital de Rondônia, de portas abertas para receber a população com exposições de obras de artes de vários artistas e de estudantes do Estado.

De acordo com Simone Catarina, presidente da Fundação Cultural do Estado de Rondônia (Funcer), responsável pelos espaços culturais no Estado, as Casa de Cultura já está com um planejamento do calendário de exposições diversificado de janeiro a dezembro, e os artistas interessados em expor suas obras, devem enviar um ofício para a Funcer ou diretamente para a Casa de Cultura, solicitando o espaço desejado e aguardar a data de disponibilidade.

FONTE: SECOM

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com