Cultura

Fundação de Cultura de Ariquemes promove mostra de dança “Alice no País das Maravilhas”

Espetáculo apresentado em dois atos foi integrado por 91 crianças e adolescentes, participantes do projeto “Liberte-se Dance”.

O Palco do Centro de Tradições Gaúchas (CTG) de Ariquemes, ficou encantado no último fim de semana, com a apresentação da mostra de dança “Alice no País das Maravilhas”. No elenco, estavam 91 alunos do projeto “Liberte-se Dance”, grupo de ballet e jazz instruídos pela professora Rosângela Gomes, no Centro Cultural Lídio Sohn, por meio da Fundação de Cultura, Esporte e Turismo (FUNCET).

A dança é um dos caminhos que sempre uniram as pessoas em harmonia. Independente de cor, raça, crença e idioma, a arte de dançar atravessa todas as fronteiras, transformando vidas e corações.

Toda a exibição do espetáculo foi acompanhada por centenas de pessoas entre familiares e amigos dos integrantes do elenco. De acordo com a organizadora, a realização do evento teve o auxílio de uma emenda parlamentar da vereadora Carla Redano (PRB), no valor de R$ 20 mil (vinte mil reais), para garantir a riqueza dos detalhes na caracterização do elenco.

O Ballet em prólogo, foi constituído de dois atos e contou a história de Alice, uma menina que persegue um coelho branco até uma toca. Ela cai e chega a um lugar muito diferente, o País das Maravilhas. Lá ela encontra diversos animais e plantas que falam, os gêmeos atrapalhados, um chapeleiro maluco, um gato que pode desaparecer, animais misturados com objetos, um feriado chamado hora do chá, uma porta falante e cartas de baralho que possuem vida, além de muita confusão.

GRUPO LIBERTE-SE DANCE

O projeto de Ballet e Jazz desenvolvido pela Prefeitura de Ariquemes, através da Funcet, atende cerca de 170 crianças e adolescentes, entre 6 a 15 anos, que estejam estudando em alguma escola. As aulas acontecem duas vezes por semana, nos períodos matutino e vespertino, no Centro Cultural Lídio Sohn.

FONTE: Assessoria/Prefeitura

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Publicidade