Espetáculo ÌFÉ tem temporada estendida em Porto Velho

Escrito por
Atualizado: abril 15, 2019

Com todas as sessões lotadas, o espetáculo ÌFÉ, da Companhia Beradera de Teatro, terá sua temporada estendida para o dias 14, 21 e 28 de abril. A montagem inspirada na vida de uma importante líder religiosa de Porto Velho tem dado vida a um antigo hotel, escondido atrás das fachadas de lojas da avenida Sete de Setembro, e atraído a curiosidade do público.

A proposta de movimentar o centro velho da capital vem sendo concretizada. Em todas as apresentações, que tem público limitado a 21 pessoas, é grande a movimentação de pessoas interessadas no espetáculo, formando filas horas antes das apresentações.

Diante disso, a companhia viu a necessidade de estender a temporada, que se encerraria neste domingo, até o final do mês, entretanto com apresentações somente aos domingos.

As senhas serão distribuídas gratuitamente uma hora antes de cada apresentação no local. O antigo Hotel Pousada da Sete está localizado ao lado da loja Zeta, na avenida 7 de setembro, próximo a Campus Sales.

Programação das últimas apresentações: 06 (sábado), 07, 14, 21 e 24 (domingos) de abril, às 20h.

Sinopse

A montagem teatral ÌFÉ foi livremente inspirada na trajetória de uma líder religiosa que teve grande representatividade entre as décadas de 1980 a 2000 em Rondônia.

O espetáculo ocorre num antigo hotel desocupado, apropriando-se de elementos presentes nos rituais e abordando a memória político-social e cultural nos contextos afro-religiosos.

Memórias fragmentadas marcadas por um passado violento, um presente de empoderamento, luta e afirmação para trazer uma discussão sobre religiões a partir de fragmentos da memória e a reflexão sobre preconceito, incompreensão e intolerância, ainda tão presentes na sociedade contemporânea.

A Beradera Cia de Teatro

A Beradera Companhia de Teatro surgiu em 2013, com a montagem da peça “Lete”, contemplada pelo Prêmio Myriam Muniz 2012, inspirada a partir da instalação das Usinas Hidrelétricas de Santo Antônio e Jirau em Porto Velho, relacionando os atuais eventos com outros pertencentes aos ciclos migratórios do passado.

O segundo trabalho do grupo, “Saga Beradera”, surgiu no ano de 2015, contemplado pelo Prêmio Myriam Muniz de Teatro 2014. A peça parte dos eventos reais da enchente histórica de 2014, que alagou diversas comunidades ribeirinhas de Rondônia.

A companhia volta agora com ÍFÈ, contemplada com o Prêmio de Teatro Jango Rodrigues 2017, marcando a estreia de Raoni Amaral como dramaturgo e diretor.

FICHA TÉCNICA

Direção e Dramaturgia: Raoní Amaral.

Dramaturgia dos Quartos: Andressa Silva, Diego Augusto e Junior Brum.

Elenco: Andressa Silva, Diego Augusto e Júnior Brum.

Figurinista: Selma Pavanelli.

Costureira: Rita Magna.

Cenografia: Ismael Neves.

Trilha Sonora: Tanison Passos e Raoní Amaral.

Dramaturgia da Luz: Raoní Amaral.

Fotografia e Filmagem: Luana Lopes e Anne Salles.

Produção: Matheus Amorim e Raoní Amaral e Tanison Passos.

Projetista: Denise Cristal.

FONTE: ASSESSORIA

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.