Cultura

‘Cine Holliúdy’ será reprisada na Globo em julho no lugar de ‘Aruanas’

“Cine Holliúdy” mostra o protagonista Francisgleydisson (Edmilson Filho) numa versão anterior a dos dois filmes da franquia (de 2012 e de 2018)

A série “Cine Holliúdy”, exibida na Globo em 2019, vai ser reprisada na emissora a partir do dia 7 de julho. O programa substituirá “Aruanas” nas noites de terça-feira do canal, já que a primeira temporada da produção estrelada por Taís Araujo, Débora Falabella e Leandra Leal chega ao fim no próximo dia 30.

“Cine Holliúdy” mostra o protagonista Francisgleydisson (Edmilson Filho) numa versão anterior a dos dois filmes da franquia (de 2012 e de 2018), embora ainda dedicado à sétima arte, que é ameaçada pela chegada da televisão.

A história da série, de Márcio Wilson e Claudio Paiva, é independente da mostrada nos dois longas homônimos. Antes de levar seu cinema nômade ao interior do Ceará, Francis vivia na fictícia Pitombas, onde tocava um cinema fixo, nos anos 1970. O problema surge com a chegada da nova mulher do prefeito, a paulista Socorro (Heloísa Perissé), e sua filha, Marylin (Letícia Colin), que o convencem a comprar uma televisão, a primeira da cidade.

Galeria Série ‘Cine Holliúdy’ Muita poesia e até uma certa musicalidade no jeito de falar.série inédita de dez episódios que tem estreia prevista para 07 de maio na Também em julho, a Globo vai transmitir “Hebe”, série em dez episódios desenvolvida pelos Estúdios Globo, que está disponível no Globoplay desde o fim de 2019. O dia da semana em que a produção vai ao ar na emissora ainda não está definido.

A série é um projeto complementar ao filme “Hebe – A Estrela do Brasil”, que chegou aos cinemas em setembro de 2019. Em ambos, o trabalho é encabeçado pela roteirista Carolina Kotscho, com Maurício Farias na direção artística e Andréa Beltrão no papel da apresentadora, que era conhecida do público pelo seu visual extravagante (sempre repleto de joias) e posições fortes (e muitas vezes polêmicas).

Enquanto o longa se concentra nos anos 1980, quando Hebe troca a Band pelo SBT, a série comtempla praticamente a vida inteira da artista, desde os 14 anos até a sua morte. A atriz Valentina Herszage, 21, interpreta a artista da adolescência até os 28 anos. A partir daí, Beltrão assume o papel, que interpretou nos cinemas.

FONTE: FOLHAPRESS

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com