Cidades

Prefeitura de Porto Velho entrega licenças ambientais a proprietários de 33 tanques de Nova Califórnia

O objetivo do prefeito Hildon Chaves é facilitar para que o pequeno produtor regularize os tanques de psicultura

Proprietários de 33 tanques de psicultura do distrito de Nova Califórnia receberam licenças ambientais da Prefeitura de Porto Velho no sábado, 27, para atuarem legalmente nesse ramo. O evento ocorreu na sede do Reca (Projeto de Reflorestamento Econômico Consorciado e Adensado).

O trabalho desencadeado pela Sema (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável) visa habilitar os produtores rurais para produzirem de forma correta, sem causar impacto ambiental. Devido ao clima da capital, são criadas nesses tanques as espécies nativas como tambaqui, pirarucu e jatuarana.

“O objetivo do prefeito Hildon Chaves é criar condições para que o pequeno produtor regularize os tanques de piscicultura de forma desburocratizada, massem ferir as normas ambientais”, afirmou o secretário da Sema, Robson Damasceno.

De acordo com ele, Porto Velho tem um potencial considerável para a produção aquícola, porém, mais de 60% dos tanques nas propriedades estão irregulares quanto ao licenciamento ambiental.

No evento de sábado, a Sema contou com o apoio da Semagric (Secretaria Estado de Abastecimento e Agricultura), da Sedam (Secretaria de Estado deDesenvolvimento Ambiental), da Emater e do Idaron (Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia).

Para a gerente Municipal de Piscicultura da Sema, Jeane Brandão, Porto Velho sempre teve vocação para a produção de peixe, o que faltava era o apoio do setor público, fato que foi revertido na gestão Hildon Chaves.

FONTE: Comdecom

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com