Cidades

Prefeito Hildon Chaves faz balanço das obras de asfaltamento, drenagem, recapeamento tapa-buracos, além de limpeza de canais

Mais de 120 ruas, totalizando cerca de 30 km de pavimentação, receberam asfalto novo e mais 64 km de asfalto já estão sendo executados na cidade

A Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Serviços Básicos teve muito trabalho ao longo de 2019. Por determinação do prefeito Hildon Chaves que pediu total empenho da pasta na melhoria da infraestrutura viária da Capital, a Semisb, com o apoio da Subsecretaria de Obras e Pavimentação (Suop) se dedicou incansavelmente, mantendo equipes durante o dia e a noite, de segunda-feira a sábado, tudo para obter bons resultados em novas obras e serviços de manutenção.
Mais de 120 ruas, totalizando cerca de 30 km de pavimentação, receberam asfalto novo com execução própria da prefeitura. O serviço passou por bairros como Cohab, Flodoaldo Pontes Pinto, Nova Esperança, Floresta, Cuniã, Triangulo, Eldorado, Caladinho, Castanheira, Esperança da Comunidade, Tiradentes, Lagoinha e até mesmo no Conceição, obra que seria terceirizada, mas que por problemas contratuais foi executada diretamente pela Suop, que asfaltou as ruas Águida Muniz, 15 de novembro, Ceres, João Paulo I, Governador Valadares e Osvaldo Aranha.

MAIS 64 QUILÔMETROS

O prefeito Hildon Chaves, a exemplo de anos anteriores, fechou 2019 e inicia 2020 com muita vontade de trabalhar e anuncia mais benefícios que vão melhorar a qualidade de vida da população de Porto Velho, como pavimentação asfáltica de 64 km de ruas e pavimentação de um trecho da Estrada de Santo Antônio, obra que já esta sendo executada. Somente no recapeamento asfáltico serão investidos quase R$ 37 milhões. Desse total, R$ 32 milhões são oriundos de emenda da bancada federal e o restante é recurso próprio. As obras que ainda incluem drenagem, construção de meio-fio e sarjetas vão beneficiar vias do centro da cidade e zonas Sul e Leste, entre outros pontos.

ASFALTAMENTO RAIMUNDO CANTUÁRIA

Além da pavimentação direta, o serviço de asfaltamento por empresas contratadas pela Prefeitura também avançou. Na avenida Raimundo Cantuária, entre Epitácio e José Amador dos Reis foram asfaltados 950 metros. No bairro Mariana, onde a população aguardava há anos por mudanças, 40% do projeto que prevê a pavimentação completa com drenagem profunda, meio fio e sarjeta de 27 km de vias está concluído. Ficaram prontas as ruas: Felipe Camarão, Pedro Cabral, Moinhos de Ventos, Barão do Amazonas, Itatiaia, Eça de Queiroz, Vincente Fontoura, Constelação, Higienopolis, Teodora Lopes, Rua dos Andrades, Borges Medeiros, Mario Andreazza, Ataufo Alves, São José, Rua do Rodeio, Venancio Aires e Alceo. O trabalho é fruto de um termo de cooperação técnica entre a Suop e o 5º Batalhão de Engenharia e Construção (5º BEC).

PROJETO VEREDAS

Outro grande projeto terceirizado e entregue foi o Veredas. O pacote estava travado desde a gestão anterior e beneficiou um conjunto de 9 ruas divididas entre os bairros Socialista, Tancredo Neves e JK. Nas ruas Lauro Corona, Olavo Ferreira, Inácio Mendes, Edite Feitosa, Paulo Pinheiro e Teotônio Vilela, no trecho entre José Amador dos Reis e Antônio Fraga Moreira; rua Idalva Fraga, entre Amazonas e Alexandre Guimarães; rua Antônio Violão, entre Vieira Caúla e Amazonas, foram construídos somente meios-fios, calçadas e sarjetas. Já na rua Aripuanã, entre Alexandre Guimarães e Oscarito, o pacote incluiu 700 metros. O trecho já tinha drenagem, faltando apenas o preparo de base, aplicação do asfalto, meios-fios, sarjetas e calçadas. O investimento foi de cerca de R$ 1,5 milhão oriundo de contrato com a Caixa Econômica Federal.

SUPORTE EM RUAS JÁ ASFALTADAS

Mesmo com obras novas em andamento, a Prefeitura não deixou de dar suporte as ruas já asfaltadas com ações de recapeamento e a operação tapa buracos. Somente na tapa buracos foram utilizadas 4.594 toneladas de massa asfáltica em mais de 420 ruas espalhadas em 55 bairros. Já as vias onde ainda não foi possível realizar a pavimentação, a Subsecretaria tem mantido o encascalhamento, foram 72km compreendendo mais de 200 ruas.

OBRAS DE DRENAGEM

Também coube a Prefeitura realizar obras de drenagem para o devido escoamento das águas pluviais de 54 ruas divididas entre 22 bairros: São Cristóvão, Mariana, São João Bosco, Arigolândia, Cohab, Três Marias, Aponiã, Flodoaldo Pontes Pinto, Nova Floresta, São Sebastião, Costa e Silva, Igarapé, Olaria, Floresta, Jardim Eldorado, Jardim Santana, Santa Bárbara, Nacional, Tupi, Nossa Senhora das Graças, Escola de Polícia e Conceição.

LIMPEZA DE CANAIS

Ainda focada no período chuvoso, também foram mantidos cronogramas de limpeza dos 6 canais que cortam a cidade: Canal dos Tanques, Canal Tancredo Neves, Canal Bate Estaca, Canal da Penal, Canal Grande e Canal das Garças.

Também no ano passado, o prefeito determinou que fossem realizadas melhorias na Vila Candelária como a pavimentação asfáltica do trecho, que dá acesso a Igreja de Santo Antônio e fiscalizadas rigorosamente as obras do Colégio Padrão, de dois campos de futebol de grama sintética e do Centro de Iniciação de Esportes, garantindo assim o avanço dos projetos para que sejam entregues dentro do prazo.

FONTE:  CONDECOM

Comentar

Print Friendly, PDF & Email
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com