Prefeito Hildon Chaves assina o projeto lei do serviço Família Acolhedora

Escrito por
Atualizado: outubro 5, 2018

No Município de Porto Velho esse serviço já iniciou por meio de um projeto-piloto,

Em solenidade realizada no colégio Padrão nesta quarta-feira,3, o prefeito Hildon Chaves, assinou o projeto de lei que regulamenta o serviço Família Acolhedora, que será encaminhado para a Câmara de Vereadores para aprovação.

O projeto de lei regulamenta o serviço Família Acolhedora, executado pela Secretaria Municipal da Assistência Social e da Família (Semasf), que consiste em acolher em famílias voluntariamente cadastradas e habilitadas, crianças e adolescentes que foram afastadas da convivência familiar por determinação judicial. Tem como objetivo fortalecer os vínculos de afeto, amor e proteção em ambiente familiar.

As famílias que se dispuseram fazer parte desse serviço, para se habilitarem, passam pelo processo de inscrição, capacitação, entrevistas e visitas. Todas essas etapas são realizadas por equipe técnica que foram capacitadas para executar esse trabalho com todo zelo e compromisso que necessita.

No Município de Porto Velho esse serviço já iniciou por meio de um projeto-piloto, desenvolvido em parceria com a Secretaria de Estado de Assistência e Desenvolvimento Social (Seas). “Já temos duas crianças que saíram do acolhimento institucional e estão em famílias acolhedoras”, disse a diretora de Proteção Social Especial da Semasf, Vanuza Marchioli,

“A aprovação da projeto de lei dará a legalidade ao serviço e trará a responsabilidade inteiramente para o Município, o qual passa a ser o executor e mantenedor dessa ação. A Semasf subsidiará as famílias que forem habilitadas e que estiverem com crianças ou adolescentes acolhidos em seus lares”, disse o secretário municipal de Assistência Social e da Família, Claudi Rocha.

“Eu não consigo comprar amor na farmácia, nem no supermercado. Amor não se compra. E uma criança dentro de uma casa sendo criada com os outros membros da família (filhos), acabará sendo amada tanto quantos os filhos biológicos. Isso é fundamental para o crescimento e a formação dessa criança”, disse o prefeito Hildon Chaves ao assinar o projeto de lei.

FONTE: Comdecom

Comentar

Print Friendly, PDF & Email

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.